A corda sempre arrebenta do lado mais fraco. Enquanto vereadores brigam em Mesquita  , servidores Câmara  ficam sem salário

Vereador Sancler Nininho reafirma ter controle das contas,  apresenta extrato bancário do dia e afirma que salário não saiu até agora por que  Marcelo Biriba o impediu de acessar ao Departamento Recursos Humanos e ao Sistema da Folha de pagamento.Vereador Biriba se mantém  encastelado no gabinete e diz que não reconhecer Sancler como Presidente da casa 

 

Os principais prejudicados com a queda de braço que envolve a presidência da Câmara de vereadores de Mesquita, são os 129 servidores do poder legislativo que não recebem seus salários desde o mês de dezembro de 2018, incluindo o decimo terceiro .

Em dezembro o argumento foi o repasse do duodécimo de dezembro que não ocorreu. Agora o dinheiro já se encontra na conta da Câmara e  o vereador Sancler Nininho foi reconhecido  e autorizado pelo banco para fazer todas as movimentações, em um entendimento que a documentação por ele apresentada o credencio como representante legal do poder legislativo.  Nas por outro lado o vereador Marcelo Biriba que se mantem no gabinete presidencial não permitiu o acesso ao setor de recursos humanos, a contabilidade e ao sistema. Conclusão: Chegou ao dia 23 de janeiro e os funcionários continuam sem receber.

Procurado pelo jornal POVO o vereador Sancler Nininho apresentou o extrato da conta da Câmara , onde aparece o repasse do duodécimo de janeiro feito pela prefeitura e mais uma vez pede bom senso do vereadores  Marcelo Biriba, para que  não continue atrapalhando os funcionários de receber seus salários “ Estamos com o controle das contas, somos os legítimos dirigentes da mesa e já e hora de olhar pra frente . Olhe para o sofrimento dos funcionários e suas famílias

 

O VEREADOR SANCLER NININHO APRESENTOU EXTRATO DA CONTA CORRENTE , QUE TINHA COMO SALDO  23/01/2019 O VALOR de R$ 394.410.13 ( TREZENTOS E NOVENTA E QUATRO MIL , QUATROCENTOS E DEZ REAIS E TREZE CENTAVOS)

Por outro lado o vereador Marcelo Biriba diz que desconhece essa mesa diretora e que ele foi reeleito em outubro , sendo portanto, p único com legitimidade para presidir a Câmara e prtaticar atos “ Eu sou presidente eleito, qualquer modificação depende de oito votos, Tudo que eles fazem é ilegal” afirma

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by