Após 7 horas de cirurgia, Bolsonaro tem bolsa de colostomia retirada

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez nesta segunda-feira (28) a cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia que estava usando em virtude da facada que levou em setembro do ano passado durante uma caminhada ainda em sua campanha presidencial em Juiz de Fora (MG). O procedimento realizado no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, durou cerca de nove horas.

De acordo com a assessoria presidencial, Bolsonaro entrou na sala de cirurgia por volta de 6h30. O procedimento foi comandado pelo gastroenterologista Antônio Luiz Macedo. Os médicos esperavam realizar a cirurgia durante o período da manhã.  No entanto, ela só foi terminar por volta de 15h30 da tarde. Carlos Bolsonaro, filho do presidente, e a primeira Dama, Michelle Bolsonaro, acompanharam tudo na unidade médica.

A recuperação de Bolsonaro deve durar aproximadamente dez dias. O general Mourão (PRTB) assumirá os compromissos presidenciais por 48 horas.

Atendado ano passado

Bolsonaro sofreu um atentado durante sua campanha no segundo turno, em setembro do ano passado. Adélio bispo de Oliveira deu uma facada no então candidato a presidente. A faca atingiu no intestino grosso, o que ocasionou o uso da bolsa de colostomia, pois ela encaminha fezes e gases que seriam direcionadas ao órgão atingido para fora do corpo, na região abdominal.

 

 

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by