Ruy de Oliveira Wood foi morto num bar em Nova Iguaçu.

Por: Hyago Santos

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga a morte de Ruy de Oliveira Wood, de 58 anos, assassinado no último sábado (2) em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ruy era gerente de planejamento da Empresa de Limpeza Urbana de Nova Iguaçu (Emlurb) e ex-candidato a deputado federal.

De acordo com informações da polícia, Ruy estava em um bar no bairro Marco II quando foi atingido pelas costas. Ele chegou a ser levado para a UPA de Cabuçu, mas não resistiu. A polícia não deu mais detalhes sobre o caso para que não haver contratempos nas investigações. Os agentes da DHBF buscam imagens de câmeras de segurança do local onde Ruy foi morto para tentarem coletar mais informações sobre o crime. Além disso, também é esperado o resultado da autopsia para saber quantos tiros foram efetuados, qual arma foi usada e onde esses tiros atingiram a vítima.

Ruy foi nomeado pelo prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa, ao cargo de gerente de planejamento da Emlurb desde o ano passado. Além disso ele também foi candidato a deputado federal também no ano passado, quando obteve 902 votos e não foi eleito; e em 2016, quando também obteve uma baixa quantidade de 709 votos.

Pelas redes sociais, amigos e familiares de Ruy da Padaria, como era conhecido, lamentam sua morte. “Sem Acreditar Papai. O terraço continua sendo meu, é assim que vou lembrar de vc meu eterno amigo Ruy Wood. Descanse em Paz #Luto”, comentou um conhecido. “Meu amigo, não dá pra acreditar. Ruy Wood, vc nunca vai ser esquecido, sua bondade e amizade, agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de ter tido vc como amigo! #luto”, lamentou outra conhecida.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by