Jejum é o que vale: Vasco e Flamengo decidem final da Taça Rio com histórico em jogo

O fato de Flamengo e Vasco não usarem força máxima na final da Taça Rio neste domingo, às 16h, no Maracanã, não tira o sabor da conquista. Em um campeonato com regulamento confuso, o principal atrativo ainda é vencer o maior rival, sobretudo se houver tabus em jogo. Com time reserva ou titular, o Flamengo não perde uma final para o Vasco desde 1988.

O duelo que decidiu o Estadual daquele ano ainda é um divisor de águas. O gol de Cocada ao fim do segundo tempo, antes de ser expulso, selou a última vitória vascaína em finais contra seu arquirrival. De lá para cá, foram sete ocasiões em que se enfrentaram no formato clássico de final. Só deu o Rubro-Negro. Não estão sendo levados em consideração títulos que saíram em torneios de pontos corridos, como a Taça Rio de 1996, para o Flamengo, ou as Taças Rio de 1999 e Guanabara de 2000, para o Vasco.

Nete domingo, na final da Taça Rio, no Maracanã. Enquanto o Cruz-Maltino entrará com força máxima, o Rubro-Negro poupará seus titulares de olho na partida da próxima quarta-feira, diante do Peñarol, pela Libertadores. Nem o técnico Abel Braga estará presente, já que se recupera de um procedimento cirúrgico para corrigir uma arritmia cardíaca.

Já garantido na semifinal geral da competição pela pontuação (27 pontos), o Flamengo luta pelo título da Taça Rio para entrar com vantagem do empate. Já o Vasco, que ganhou a Taça Guanabara, busca o título para garantir vaga direta na grande final do Campeonato Carioca.

Se o Vasco vencer, a semifinal única será entre Flamengo e Bangu, maiores pontuadores no geral – e o Fluminense estará eliminado. Em caso de título do Rubro-negro, as semifinais do Estadual serão Fla x Flu e Vasco x Bangu.

Transmissão: TV Globo para RJ, MG (Juiz de Fora), ES, TO, SE, AL, PE, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior, Roger Flores e Sandro Meira Ricci) e Premiere e Premiere Play (com Luiz Carlos Júnior e Lédio Carmona)

O QUE OS TÉCNICOS DEVEM MANDAR EM CAMPO

Vasco – Técnico Alberto Valentim

O Vasco será o mesmo que venceu o Bangu por 1 a 0 na semifinal, da última quinta-feira. Sendo assim, Alberto Valentim repetirá a equipe pela terceira vez seguida, algo novo na temporada. A principal aposta do time nessa final contra o Flamengo, é o bom momento vivido pelo jovem Tiago Reis, que fez três gols nas partidas em que começou jogando.

Por falar em atacante, Maxi López não se recuperou de uma lombalgia que o vem prejudicando desde o ano passado e será poupado. A expectativa do departamento médico é que ele esteja à disposição no próximo jogo do Vasco, que pode ser a semifinal do dia 7 ou o jogo contra o Avaí, dia 10, pela Copa do Brasil.

Quem está fora: Maxi López.

Provável escalação do Vasco para o jogo contra o Bangu — Foto: GloboEsporte.comProvável escalação do Vasco para o jogo contra o Bangu — Foto: GloboEsporte.com

Provável escalação do Vasco para o jogo contra o Bangu — Foto: GloboEsporte.com

Flamengo – Técnico Leomir

A equipe rubro-negra vai entrar em campo apenas com reservas, assim como já havia acontecido no clássico com o Vasco na fase de classificação. Arrascaeta e Vitinho são os destaques. Como Abel Braga foi proibido de ir ao estádio pelos médicos, seus auxiliares Leomir e Fábio Moreno serão os responsáveis por comandar a equipe.

Quem está fora: Bruno Henrique (suspenso); Piris da Motta, Lincoln e Berrío (lesionados).

Provável escalação do Flamengo para a final contra o Vasco — Foto: GloboEsporte.comProvável escalação do Flamengo para a final contra o Vasco — Foto: GloboEsporte.com

Provável escalação do Flamengo para a final contra o Vasco — Foto: GloboEsporte.com

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by