Felipe Roque vive romance gay em filme com cenas de beijo, nudez e sexo

O filme “Resistir para recomeçar”, de temática LGBTI+, promete levantar o debate sobre machismo, transfobia, racismo e homofobia. O personagem principal Pedro, vivido pelo ator Junior Provesi, terá cenas quentes de sexo e nudez com Henrique, vivido por Felipe Roque. No longa, que será a estreia da vencedora do “BBB 18” Gleici Damasceno como atriz, Felipe será um homem casado com uma mulher que costuma contratar os serviços de garotos de programa e travestis. Nesta-quarta-feira, será gravado num motel as cenas mais quentes entre os atores.

Acostumado a viver galãs héteros em novelas, como em “A regra do jogo” e “Malhação”, Felipe Roque recebeu o convite de um produtor de elenco de teatro com quem já tinha trabalhado. E ficou feliz por dar voz à luta contra o preconceito.

“Ao ler o roteiro fiquei feliz e me senti desafiado, é hora de conversar e debater e esse é um momento muito oportuno para isso. O filme é uma maneira maravilhosa de mostrar através da arte que a gente precisa amar o próximo e preconceito e violência não vão nos levar a lugar nenhum”, diz ele.

As cenas mais quentes serão rodadas nesta quarta-feira, e Felipe garante que o nervosismo é o mesmo de contracenar com mulheres. Para ele, o filme será a chance da sociedade abraçar a luta a favor do amor.

Além de questões LGBTI+, o filme contará com a presença de 30 pessoas que vivem com o vírus HIV há mais de 30 anos e vão dar seus depoimentos sobre histórias reais.

“Felipe Roque fará par romântico com o meu personagem, o Pedro, que sofre homofobia do pai e será expulso de casa por ser gay e descobrirá o HIV. Ele será o cara que ajudará o Pedro a sair da depressão. Vai ter cena de sexo e nudismo porque meu personagem se tornará um garoto de programa, mas ele estuda, trabalha, faz cursinho para ingressar na faculdade de Arquitetura”, explica o ator Junior Provesi, que também será o melhor amigo de Gleici na história.

Na história, a ex-BBB interpreta Laura, melhor amiga do protagonista na infância e o ajuda no momento de sua descoberta sobre a sexualidade e da fase em que ele descobre ser portador do vírus HIV.

As primeiras cenas foram rodadas no Rio e Gleici aparece desconstruída, como uma dona de casa simples. O filme, dirigido pelos amigos Víctor Ferrade e Pedro Nascimento não teve qualquer captação de recursos públicos. Josie Pessoa, que está no ar em “O sétimo guardião” também participa do filme na pele de uma gerente de loja extremamente preconceituosa.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by