Jornal Povo

Na estreia de Luxemburgo e noite de Sidão, Avaí arranca empate aos 49 do segundo tempo

 Com uma atuação irretocável de Sidão, o Vasco caminhava para confirmar a vitória parcial por 1 a 0 sobre o Avaí, neste domingo, na estreia de Vanderlei Luxemburgo. Aos 49 minutos, os visitantes empataram na cabeçada de Daniel Amorim. Também de cabeça, Ricardo Graça abriu o placar. Sob vaias, o Cruzmaltino deixou São Januário vaiado e ainda na lanterna do Brasileiro, com dois pontos.
No primeiro compromisso à frente do Vasco, Luxemburgo escalou uma equipe com uma formação inédita em 2019, com a volta de Pikachu à lateral direita, nova chance a Andrey e Bruno César no meio de campo e reforçou a confiança em Maxi López com a braçadeira de capitão.
Com expectativa, o torcedor compareceu em bom número em São Januário e, enquanto teve paciência, fez a sua parte. A troca de peças na equipe, no entanto, não mudou a recente impressão deixada no início da competição.
Sem confiança e criatividade, o Vasco trocou passes sem objetividade enquanto o Avaí mostrou que estava disposto a deixar o penúltimo lugar. Contestado na derrota por 3 a 0 para o Santos, Sidão superou as críticas e evitou o pior no primeiro tempo.
Das oito finalizações dos visitantes, o goleiro fez quatro defesas difíceis. O Vasco arrematou quatro vezes, todas sem criar dificuldade para Vladimir. Neste cenário, a equipe deixou o gramado rumo ao vestiário sob vaias no intervalo.
Reconhecido pela habilidade de panoramas adversos no vestiário, Luxemburgo não demorou para mexer na equipe no segundo tempo. Primeiras apostas, Fellipe Bastos e Valdívia entraram no lugar de Andrey e Marrony, muito mal tecnicamente nos minutos que estiveram em campo.
Mais organizado, o Avaí explorou o nervosismo do Vasco, pressionado pelo relógio e pelo torcedor. Com mais duas defesas complicadas, Sidão continuava a salvar na defesa.
A sonora vaia direcionada a Bruno César, substituído por Jairinho, foi o sinal de que a paciência da arquibancada estava no limite. Ao tentar, sem sucesso, avançar, o Vasco deixou muito espaço no meio para o contra-ataque adversário.
No momento mais delicado do jogo, o Vasco abriu o placar, aos 36 minutos. Rossi levantou a bola na área para a cabeçada de Ricardo Graça. O suficiente para a torcida inflamar o Caldeirão. Depois da grande defesa de Vladimir na bola cabeceada por Werley, Fellipe Bastos, com o goleiro no chão, isolou no rebote.
No último minutos, o Avaí foi premiado pela insistência. Daniel Amorim, aos 49, ganhou de Ricardo Graça e Werley no alto para empatar de cabeça, frustrando os torcedores em em São Januário. O Fortaleza, domingo, no Castelão, será o próximo adversário no Brasileiro.
Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.