A evolução das roupas no Candomblé
Foto: Roger Cipó

O tempo fez com que o Candomblé conseguisse modernizar várias questões dentro do mesmo e não seria diferente com sua vestimenta.

Em tempos atrás, panos mais simples eram apresentados no salão e, em muitas casas, essa tradição ainda é mantida.

Alguns espaços sagrados pregam uma outra visão. Devemos vestir o que o nosso aporte financeiro pode comprar. Nos trazendo a ideia de que os escravos não podiam ter, por questões financeiras, mas que nós podemos.

Certo dia ouvi uma mais velha minha dizer e me peguei a pensar. O que virá adiante?

“Se dermos tudo de melhor agora, o que vamos dar quando ficarmos mais velhos” disse a mesma com relação as vestimentas e paramentos de Òrìṣà.

O conflito entre tradição e modernidade invade a cultura Candomblecista e traz reflexão aos novos adeptos.

Cabe a cada um de nós enxergar o que pretende executar e qual ideia quer passar diante do público presente nas festividades.

O que é necessário manter a qualquer custo é a real essência sagrada dentro de um Ilê, pois isso é o que manterá as religiões de matriz africana de pé.

Até a próxima e muito àṣẹ!!!

Contato Bàbá Joaquim D’Ògún

(21) 96991-4004
instagram.com/mejiomiodara
facebook.com/mejiomiodara
[email protected]

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by