Jorge Jesus é o novo técnico do Flamengo

O Flamengo já tem um substituto para Abel Braga. Na manhã deste sábado, o clube acertou os detalhes finais e fechou a contratação de Jorge Jesus. O português chega ao Brasil em meados de junho e assume o time durante a parada da Copa América. O acordo é de um ano.

A negociação foi concluída em encontro com o presidente Rodolfo Landim, neste sábado, em Madri. Após a reunião, sorridente, o treinador falou sobre o acerto.

“O que me convenceu principalmente foi a grandeza do Flamengo. São quatro os clubes mais famosos do mundo: Flamengo, Boca Juniors, Barcelona e Real Madrid. Portanto foi um dos motivos para eu aceitar, além de ganhar títulos. O Flamengo me dará uma possibilidade de ganhar a Libertadores, de ganhar o Mundial. Fiquei muitos anos no Benfica e ganhei tudo. E esse é o objetivo maior que fez com que eu aceitasse o desafio do Flamengo”, disse Jesus, após o encontro.

Jesus disse que ainda não há uma definição em relação à comissão técnica e mostrou fome de trabalho. Afirmou que já começa a trabalhar hoje.

“Tenho o sonho de treinar no Brasil, e o Flamengo é uma das equipes mais fortes do Brasil. Vou falar com a minha comissão. Ainda não está definido se eles irão comigo. Já tinha a possibilidade, mas não tinha nada definido com o Flamengo. Eu tinha várias propostas em cima da mesa, e vou começar a partir de hoje. Conheço todos jogadores do Flamengo, mas não trabalhei com nenhum. Em Portugal acompanho (o futebol brasileiro) pelo Premiere. Acompanho 24 horas o futebol brasileiro, vários programas de televisão”, afirmou.

Jorge Jesus deu a entender que pedirá reforços para o Flamengo.

“É verdade que o Flamengo não é campeão (brasileiro) há 10 anos. Mas é o Flamengo. É um clube que tem estrutura, qualidade, bons jogadores, e podemos formar na minha opinião uma boa equipe. Acredito que vai contratar um ou outro jogador que considere importantes. Difícil levar jogadores portugueses por questões financeiras. Jogadores têm carreiras curtas, e financeiramente não vale ir para o Brasil. Eles têm uma carreira muito mais curta que a minha, que sou treinador. Então é difícil. Mas hoje o jogador brasileiro recebe um salário que pode competir com muitos países. Não digo Inglaterra, mas em outros países da Europa”, disse.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by