Jornal Povo

Laudo aponta despejo de esgoto como risco para novos desabamentos na Niemeyer

O Laudo pericial realizado nesta sexta-feira pela Justiça do Rio aponta que um dos seis pontos de deslizamento analisados na Avenida Niemeyer, na Zona Sul carioca onde foi feito incursão presencial na manhã da última quinta-feira, corre risco de novos desabamentos mesmo em dias secos. Uma das razões identificadas é a ocorrência de despejo de esgoto e lixo doméstico, que mantém “a umidade em alguns pontos na área de escorregamento”.

No local, foram apontadas ainda a ausência de vegetação de cobertura, maximizando o risco de novas ocorrências; a existência de blocos de rocha em pontos de inclinação elevada; desprendimento entre a rocha e o solo de recobrimento do local; e área com declividade acentuada, potencializando deslizamentos em épocas chuvosas, mas sem descartar possíveis movimentações em épocas de estiagem.

Segundo o laudo, “foi verificada também, a ocorrência de linhas d’água (filetes) em vários pontos do deslizamento, notando-se que não se tratam mais, nestes pontos, de drenagem natural de chuvas, dado o período sem ocorrências pluviométricas verificado”, e que “foi constatada a existência de tubulação de esgotamento sanitário a montante da área afetada, que acaba por contribuir para formação das citadas linhas d’água”.

O documento diz também que outro fator condicionante são as drenagens que ocorrem nas partes mais altas do Morro do Vidigal que margeiam toda a Niemeyer. Outros cinco pontos de escorregamento ao longo da via foram vistoriados pela equipe dos peritos do juízo, onde foram realizados vôos de drone e fotografias digitais, para produção de material visual.

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.