Cinegrafista morre vítima de bala perdida em tiroteio no Morro da Coroa
Um intenso tiroteio, na tarde deste sábado, deixou uma pessoa morta e outras duas feridas no Morro da Coroa, no Catumbi, na Região Central do Rio. As vítimas foram levadas para o Hospital Souza Aguiar, no entanto, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o cinegrafista Rafael Santos, 34 anos, já deu entrada morto na unidade. 
Rafael Santos deixa três filhos. Apaixonado pela imagem, o cinegrafista amador prestava serviços para a Fox Sports. Anteriormente, ele trabalhou no SBT e na TV Bandeirantes.
Além de Rafael, a irmã dele, Karla Santos, 38 anos, e o filho dela de 12 anos, ficaram feridos durante o tiroteio. Eles foram atendidos no Hospital Souza Aguiar e já foram liberados, segundo a SMS.
“Minha vida acabou por essa guerra nojenta. Furaram todo o meu portão e o Rafael tá morto”, afirmou a irmã, em um áudio enviado a amigos, após ter alta médica. 
O cinegrafista tinha três filhos: um menino, de 11 anos, e duas meninas, de 1 e de 6 anos. 
Em um áudio nas redes sociais, uma testemunha contou como ficou sabendo do tiroteio e da morte de Rafael.

“A mãe dele ligou desesperada para a gente pegar um carro. Só que a ligação em Santa Teresa é muito ruim. A gente não entendia, a gente só ouvia que ela estava gritando desesperada, falando que tinha alguém ferido e que era para a gente pegar um carro. Só que nenhum carro queria descer por causa do intenso tiroteio”, afirmou. 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by