Após chacina, bar Rei do Peixe encerra suas atividades em Belford Roxo

O bar Rei do Peixe, onde aconteceu a chacina que deixou quatro mortos em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, fechará as portas. Os donos do estabelecimento publicaram uma nota nas redes sociais comunicando a decisão. Eles dizem que não tem mais como continuar com as atividades no local depois do crime do último sábado.

A nota publicada ainda diz que os donos do bar não encontram mais forças para continuar. “Nos sentimos devastados depois de tudo o que aconteceu no fim de semana, e infelizmente, por conta disso, não encontramos forças para continuar”, diz um trecho do comunicado.

Eles também lamentaram o fato de pessoas que trabalhavam ali perderem seus empregos. “Muito nos entristece essa decisão, pois trabalhadores perderão seu emprego e sustento, e a cidade de Belford Roxo perderá um local familiar, de entretenimento e diversão”, diz outro trecho do comunicado.

Alvo da chacina era ex-miliciano

Por volta de 21h do último sábado, criminosos fortemente armados foram até o bar Rei do Peixe a procura de Luiz Gustavo Lima do Nascimento, conhecido como ‘Bolrog’, que fazia parte da milícia de Nova Aurora teria saído do grupo para integrar o tráfico. Entretanto, outras três pessoas foram alvejadas. Uma delas foi o músico Jorge da Silva Ribeiro, que se apresentava com seu grupo de pagode no local naquela noite. Jorge foi enterrado na última segunda-feira, dia 1 de julho, no cemitério de Nova Iguaçu. 

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by