Prefeitura do Rio garante pagamento do 13º salário até 20 de dezembro deste ano
Após muita apreensão e espera, os mais de 170 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas da Prefeitura do Rio já têm, agora, a confirmação de que o pagamento do décimo terceiro salário de 2019 será feito este ano. O depósito da gratificação natalina sairá até 20 de dezembro de 2019, como prevê a Lei Orgânica do Município. 
Isso significa que o depósito do abono poderá ser integral até a data-limite estipulada na lei. Mas a resposta também não descarta a possibilidade de haver antecipação da primeira parcela.
A incerteza sobre o crédito rondava o funcionalismo e ficou ainda maior depois de o deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ) — que foi secretário municipal da Casa Civil no governo de Eduardo Paes — publicar, nesta segunda-feira, no Twitter, informações que obteve sobre a prefeitura. Segundo o parlamentar, o governo não teria recursos financeiros para bancar o décimo terceiro.
O município respondeu o seguinte: “A prefeitura reforça que o benefício está previsto na programação financeira (de 2019) e que o pagamento vai ocorrer conforme a Lei Orgânica Municipal”. Cabe ressaltar que a mesma lei estabelece o pagamento até o dia 20 de dezembro do respectivo ano. 
Na mesma nota, o governo disse que “o Município do Rio é um dos poucos que mantêm em dia o pagamento dos servidores”. O Executivo municipal citou dados da Confederação Nacional dos Municípios, apontando que um terço das cidades devem fechar o ano no vermelho, com atrasos nos salários e no décimo terceiro. E declarou que “a manutenção dos pagamentos em dia só está sendo possível devido a medidas estruturantes adotadas pela administração e que já surtiram resultados”. 
Segundo a prefeitura, essas ações geraram um superávit orçamentário de R$ 160 milhões, “conforme atestado pelo Tribunal de Contas do Município recentemente”. 
Dúvida sobre antecipação
Aliás, a publicação de Pedro Paulo também sinaliza dificuldade de o governo Crivella conseguir antecipar o salário de julho para o 2º dia útil de agosto, mas sim pagando na data prevista em calendário oficial, que é o 5º dia útil.
Sobre isso, a prefeitura declarou que o pagamento segue o Decreto 46198 de 2019 — que estipula o 5º dia útil como prazo. E que sempre que há disponibilidade de caixa, antecipa o salário.
União já pagou primeira parcela
A União já garantiu as datas de pagamento do décimo terceiro salário dos mais de um milhão de servidores ativos, aposentados e pensionistas do Executivo federal. 
A primeira parcela do abono saiu em 1º de julho (primeiro dia útil), quando as categorias receberem os vencimentos de junho. E a segunda parte virá será depositada no primeiro dia útil de dezembro, ou seja, junto com a folha salarial de novembro.
Estado garante até fim do ano
O Estado do Rio assegura que pagará a gratificação natalina aos mais de 400 mil funcionários da ativa, inativos e pensionistas até o fim do ano, sem empurrar dívida para 2020. Mas, até o momento, não informou uma data. 
O secretário de Fazenda, Luiz Cláudio Carvalho, já afirmou à Coluna que vai honrar o crédito de qualquer jeito, mas o décimo terceiro só cai em dezembro. “Então, até lá, a gente vai formar um colchão para que possa ser pago em dezembro”, afirmou em entrevista em 7 de abril. Depois, Carvalho reforçou esse posicionamento.
Sem receitas extraordinárias
O secretário também lembrou que, em 2018, o abono natalino foi quitado de uma vez em 14 de dezembro do ano passado, e com ajuda de receitas extraordinárias provenientes do Refis (programa de refinanciamento de dívidas de ICMS que empresas tinham com o estado). 
E, neste ano de 2019, a equipe fazendária trabalha para efetuar o pagamento dentro do exercício, mas sem esse ‘socorro’ de um programa que viabilize uma arrecadação extra.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by