S.O.S:”Nova Iguaçu em chamas”.Incêndios na Serra de Madureira Centro de Nova Iguaçu levou pânico e terror no sábado dia 19; “Um alerta Urgente as autoridades.” 

Foto Arinos Jornalista

No final de semana passado, (19), o centro de Nova Iguaçu ficou em polvorosa. Diversas áreas da Serra de Madureira foram afetadas por incêndios, o que já é corriqueiro as tais queimadas neste periodo de seca. Em Nova Iguaçu, o impacto das chamas desta vês foi um tormento. Bombeiros, Meio Ambiente, grupos de apoio.

Foto Arinos Jornalista

Nesta foto mostra como o fogo tomou conta de um dos pontos mais visíveis da cidade, causando uma impressão de impotência e terror para os moradores, o que parecia ser apenas um foco, virou panico e terror, assim fomos informados pelos moradores do centro do município e vizinhanças. Já é visível. No lugar do verde vê-se ao longe sobras de vegetação queimada. As cinzas estão espalhadas pelas ruas e quintais dos bairros que margeiam o monte. Os resíduos da fauna e flora vitimadas na área de preservação ambiental se estendem desde o bairro do K11, Cruzeiro(Centro), NOVA iguaçu Shopping, Jardim Alvorada até o Valverde, distância que perfaz por aproximadamente 10km na Av. Abílio Augusto Távora, a antiga Estrada de Madureira.

A queimada é resultado de um ato criminoso: “Isso é feito pra renovação de pasto. Já há muito tempo a gente consegue observar que estão usando essa área, que é de preservação, pra pecuária. Só a prefeitura e sua Secretaria de Meio Ambiente não enxergam isso”, indignou-se Naval, que foi responsável por mobilizações voluntárias que realizaram o plantio de mais de 4700 árvores nativas em um projeto voluntário de reflorestamento.

Naval vê ainda que a delimitação das áreas dedicadas à reserva vem sendo colocadas subservientes a mercado imobiliário: “Estão sendo construídos condomínios de alto nível em áreas de proteção ambiental nas imediações da UNIG. Isso é um desrespeito com nossa falta e nossa flora”, comentou.

Para além dos reflexos imediatos da queimada, que massacra animais e vegetação, podem ser esperadas consequências graves a médio e longo prazo: “Com as chuvas que virão no verão, Nova Iguaçu vai sofrer muito com enchentes. Os sedimentos descerão, afinal, não há mais raízes que sustentem. Em parte, a cobertura vegetal quase não existe mais”, lamentou.

Fernado Cid Secretário de Meio Ambiente Responde:

Fernando Cid: Já estamos trabalhando uma proposta para implementar um Plano de Ação visando o combate à incêndios em Áreas de Proteção Ambiental, que vai incluir outros órgãos do Município e do Estado.e a participação da sociedade é importante, denunciando os vândalos e incendiários. Fernando Cid Destacou que o combate aos incêndios na Serra não é fácil, por se tratar de um terreno de difícil acesso.

Foto arquivo

11 Novos ambientais estão em treinamento. Será um reforço nas ações de fiscalização e controle ambiental.

A IMAGEM DA SERRA QUEIMANDO NOS ENTRISTECE.

Pior é saber que esses incêndios são criminosos. O dano e as conseqüências ambientais são significativos, principalmente com os animais . Durante todo o dia 19, nossa Guarda Ambiental lutou contra o fogo, bravamente, num terreno íngreme e de difícil acesso. O vento soprou mais forte, a noite chegou, e o fogo se alastrou e felizmente a área de floresta e o Parque não foram atingidos.

Algumas denúncias chegaram sobre os autores dessas queimadas. A polícia já foi acionada acionada. Afirmou Fernando Cid.

Por/Arinos Jornalista

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by