Preso traficante acusado de destruir terreiro de candomblé em Duque de Caxias

Foi preso neste sábado o traficante Jefferson Anísio da Silva, conhecido como Jefino, acusado como um dos autores do ataque a um terreiro de candomblé no bairro no Parque Paulista, em Duque de Caxias, no dia 11 de julho. Na ocasião, os criminosos invadiram o espaço, que funciona há mais de 50 anos, e obrigaram a responsável local a destruir todos os símbolos que representavam os orixás.

A prisão de Jefferson Anísio da Silva se deu por consequência das investigações realizadas pelo Departamento Geral de Polícia da Baixada (DGPB). De acordo com o órgão, o criminoso é ligado ao traficante Álvaro Malaquias Santa Rosa, conhecido como “Peixão”, e responsável por ordenar a destruição de terreiros em favelas de sua atuação. Contra “Jefinho” constava em aberto mandado de prisão por condenação pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Neste sábado (03), após monitoramento e evitando que ocorresse resistência de traficantes da comunidade Parque Paulista, equipes da 62ª DP o prenderam numa ação de inteligência, sem qualquer intercorrência.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by