Witzel cruzará com integrantes da Marcha da Maconha ao fazer exame de qualificação na UFF

Ao fazer seu exame de qualificação para o Programa de Pós-Graduação na UFF, em Niterói, na próxima quinta-feira, o governador Wilson Witzel cruzará com integrantes da Marcha da Maconha, movimento que debate a legalização da erva e o fim da criminalização de usuários de drogas.

O evento foi criado como forma de protesto, após as declarações de Witzel de que conduziria imediatamente para a delegacia “quem fuma maconha na praia ou usa qualquer entorpecente” e de que quer que usuários de drogas sejam condenados a catar lixo na praia. Idealizador do debate, o professor da rede estadual Pedro Mara diz que o ato será “pacífico e ordeiro”.

– Será uma forma de deixar claro para o governador que somos contra essa política que vem sendo implementada. Não podemos deixar de protestar contra essas besteiras que ele fala. Hoje está em curso uma guerra ao pobres, que mira usuários e traficantes nas favelas, mas não chega aos grandes traficantes, que moram em coberturas na Zona Sul. É uma política de enxugar gelo – diz Mara.

O debate está previsto para começar às 13h no pátio O da UFF, uma hora antes do exame de qualificação de Witzel no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, no prédio que fica no mesmo pátio. A tese do governador aborda a“Dimensão política da jurisdição”. Procurado, Witzel ainda não se manifestou sobre o assunto.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by