Jornal Povo

Nuremberg

Bebê é internado em estado grave com sinais de espancamento e traumatismo craniano

 Um bebê de nove meses deu entrada com graves sinais de espancamento, traumatismo craniano e queimaduras que seriam provocados por cigarro deu entrada no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, na noite desta quinta-feira. A mãe que chegou com a criança no local e teria dito que as agressões foram cometidas por uma cuidadora.
Segundo informações, o bebê tinha sinais de espancamento, afundamento de crânio, costela quebrada. Ela foi imediatamente enviada em uma UTI móvel para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, onde passou por uma neurocirurgia. O seu estado de saúde é grave, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.
A equipe médica chamou a Polícia Militar, que conduziu a mãe para prestar esclarecimentos na 16ª DP (Barra da Tijuca). Segundo informações, ela declarou que as agressões foram cometidas pela cuidadora da criança.