Alerj pode derrubar veto e transformar em lei projeto que obriga seguro de R$ 1,7 mil a usuários de patinetes elétricos

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) pode transformar em lei, nesta terça-feira, dois projetos que regulamentam o uso de patinetes elétricos no Estado. Um deles obriga o usuário a passar por uma prova no Detran e pagar um seguro de R$ 1,7 mil.

As duas propostas já foram aprovadas na Casa, mas vetadas pelo governador Wilson Witzel (PSC). Agora, os deputados têm o poder de derrubar o veto e fazer a regra valer.

Projeto 1 – Prova no Detran e cheque-caução de R$ 1,7 mil

A proposta que mais sofreu críticas é a de Alexandre Knoploch e Gustavo Schmidt, ambos do PSL. Após os comentários feitos em redes sociais, mesmo após a aprovação da Alerj, os autores pediram o veto a Witzel. O que prevê o projeto:

  • Prova no Detran para quem não tem carteira de motorista
  • Pagamento de seguro de R$ 1,7 mil do usuário
  • Locais específicos de estacionamento
  • Patinetes com ‘placas’
  • Proibição de uso em vias expressas, rodovias e estradas
  • Criação de um SAC

Projeto 2 – Uso de capacete obrigatório

O primeiro projeto na Casa foi apresentado por Giovani Ratinho (PTC). A deputada Rosane Félix, que se acidentou e perdeu três dentes ao cair de patinete, assinou como coautora. O que diz o projeto:

  • Circulação em áreas destinadas a pedestres
  • Velocidade máxima de 20kmh
  • Contratação de seguro obrigatória para usuários
  • Multa de R$ 171 para quem descumprir regras

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by