Polícia prende dois milicianos da quadrilha de Ecko na Baixada
O Departamento Geral de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD) prendeu em flagrante, na noite desta quarta-feira, dois suspeitos de fazerem parte da milícia de Wellington da Silva Braga, o Ecko, em Nova Iguaçu. Gabriel de Lima Battisti e João Carlos da Silva Ferraz, conhecido como Neném, foram capturados por volta das 22h40, extorquindo moradores e comerciantes da Rua Rubens Napoleão, no bairro Valverde. Eles são do bando de Danilo Dias Lima, o Danilo Tandera, homem forte de Ecko na Baixada Fluminense.
De acordo com a Polícia Civil, os agentes do DGCOR-LD foram informados de que os milicianos estavam em um Honda Civic preto fazendo as extorsões. Uma equipe do departamento foi ao local e ao chegar lá encontrou os dois ostentando uma pistola Glock calibre 9mm.

Quando os policiais se aproximaram, Gabriel e João Carlos atiraram contra eles, iniciando um confronto. João Carlos, que dirigia o carro, foi baleado, mas conseguiu fugir do local. Já Gabriel foi capturado na hora. O miliciano ferido foi preso momentos depois, quando recebia atendimento no Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse). 
A pistola usada pelos criminosos estava com a numeração raspada. Além do armamento também foram apreendidos munições, um carregador, dinheiro em espécie e celulares. O material e os presos foram levados para a 56ª DP (Comendador Soares).

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by