Jornal Povo

Executivo e ativista negro é homenageado com Medalha Tiradentes na Alerj

Por: Hyago Santos

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) foi palco de uma homenagem considerada um marco para a comunidade negra e lutadores de causas sociais. Isso porque aconteceu essa semana uma Sessão Solene de entrega da Medalha Tiradentes a Raimundo Claudio Oliveira Santa Rosa, executivo da Light e militante pelo direito dos negros. A honraria foi concedida pela Deputada Estadual tia Ju, e reuniu personalidades de destaque no ativismo em que Raimundo atua.

Raimundo é baiano e o primeiro negro a exercer um cargo executivo na Light, empresa que trabalha desde a década de 80. Ele formado em pedagogia e especialista em história da África. Sua militância pela cultura negra no Rio de Janeiro já dura 50 anos com a criação de dois blocos dedicados a cultura e religião de matriz africana. Na política, atuou nos anos 90 como secretário de esportes lazer, turismo, e cultura em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. E como se já não bastassem tantas qualificações, Raimundo ainda é compositor e fotógrafo.

A deputada Tia Ju, autora da iniciativa  foi homenageada com Raimundo Santa Rosa no ano passado, na Colômbia, pela luta a jovens negros. Além disso, a homenagem é classificada como uma quebra de paradigmas, já que a deputada é evangélica e Raimundo é praticante da religião de matriz africana.

“Quando tive a iniciativa de conceder essa medalha, a imprensa queria me criticar pelo fato de homenagear um homem da maçonaria e da religião  de matriz africana. Não nos importamos a religião de uma pessoa  para definir o caráter dela, o que importa mesmo é o que ela está fazendo pela sociedade”, afirmou a deputada Tia Ju.

Raimundo Santa rosa reiterou a fala da parlamentar sobre a diferença de religiões.

“Tenho uma vertente espiritual da Tia Ju, e pelo respeito que ela tem de entender que todos nós temos um só Deus, me abraça nessa homenagem. Várias pessoas a criticaram por isso, mas a força dela diz: Não estou dando essa medalha por política, e sim para valorizar o trabalho que pessoas como ele faz. Ela quebra paradigmas e, ao invés de criar muros, cria novas pontes”, o homenageado.

Ainda durante seu discurso, muito emocionado, ele agradeceu pela homenagem e pelas pessoas que o ajudaram a chegar até onde está atualmente.

“Foi uma deputada evangélica quem me deu essa medalha. Aliás, ela deu a todos os negros, pobres, nordestinos, camelôs. Quero com orgulho colocar essa medalha no peito e que todo mundo saiba como essa medalha chegou ao peito de um negão”, completou Raimundo.

Exposição ‘Ojú Olhos’

No mesmo dia da homenagem também foi inaugurada a exposição de fotografia de Raimundo Santa Rosa chama ‘Ojú Olhos’. O trabalho retrata, pelo olhar de crianças negras, suas emoções registradas por ele. A mostra será exibida no salão nobre da Alerj até o dia 8 se setembro.

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.