Chefe da milícia que atua na Baixada Fluminense e seu segurança pessoal são presos

 Policiais da 58ª DP (Posse), após trabalho de inteligência que investiga a atuação da milícia que atua em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, prenderam, nessa quinta-feira (19/09)

 João Teixeira dos Passos, conhecido como Jota, e Ednílson Jesus da Silva, conhecido como Baiano, em cumprimento a mandados de prisão pelos crimes de organização criminosa, homicídio e extorsão qualificada. A dupla foi capturada no bairro da Estação, no distrito de Lídice, no município de Rio Claro.

Jota, segundo investigação da distrital, é apontado como chefe da milícia conhecida como Milícia da Grama, que atua nos bairros da Grama, Figueiras, Miguel Couto e Vila de Cava. Ele seria responsável por crimes de extorsão, exploração de pontos de mototáxis locais, venda de botijões de gás, exploração de TV a cabo e cestas básicas.

Contra Jota havia seis mandados de prisão pendentes. Já Baiano seria seu segurança pessoal e responsável por cumprir as ordens do mesmo. Ele tinha cinco mandados de prisão pendentes. Juntos, eles também teriam envolvimento em diversas mortes ocorridas na região.

Atualmente, a dupla estava escondida na cidade de Lídice, distrito de Rio Claro, na tentativa de expandir a milícia naquela área. A 58ª DP segue investigando a organização criminosa.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by