SUPERVIA: Falta de respeito com usuários gera revolta de passageiros dos ramais Santa Cruz e Baixada Fluminense

Nova Iguaçu: Segundo informações da SuperVia, o ramal Deodoro, que atende os bairros da Região Central e da Zona Norte do Rio, terá seus horários modificados a partir do dia 1º de outubro. Os serviços serão encerrados uma hora mais cedo, às 21h, mesmo nos dias úteis. Por conta disso, a partir desse horário, trens dos ramais Japeri e Santa Cruz serão paradores, e tal medida, provocou a criação de um grupo que pretende fazer um abaixo-assinado contra os novos horários. O comunicado sobre a mudança vem sendo divulgado por avisos sonoros nas estações de trens. A medida causará impacto na vida de milhares de pessoas que trabalham e estudam no Centro, mas moram na Zona Oeste e na Baixada Fluminense.
Para evitar a mudança, passageiros deram início a um abaixo-assinado online pelo WhatsApp. São usuários do ramal Santa Cruz e baixada fluminense que distribuem panfletos nas composições e convida outras pessoas que também precisam do transporte a enviar a mensagem “TREM” para um número de celular. Após o envio, uma conversa é iniciada com a explicação sobre o requerimento e a decisão da Supervia.
A Agetransp informou que o Conselho Diretor da agência irá se reunir para avaliar a mudança. A entidade irá discutir os impactos na operação dos ramais Santa Cruz, Japeri, Deodoro e Belford Roxo. Catarina Andrade, de 22 anos, estuda na Unirio e tem aulas no Centro e na Urca. A jovem mora em Campo Grande, na Zona Oeste, e costuma voltar para casa por volta das 21h. Da Central até onde mora, ela leva 1h30 pelo ramal Santa Cruz, expresso. Com a mudança, chegar em casa vai ficar mais demorado e perigoso.
“Ouço mais relatos de assaltos em trens paradores, porque a proximidade entre uma estação e outra facilita a fuga de assaltantes. Sem contar que o maior tempo para chegar em casa é prejudicial”, lamenta.
A SuperVia explica que a definição é um ajuste operacional e que não haverá alteração no intervalo entre os trens. A empresa destaca que os avisos sobre a mudança são divulgados no site da empresa

A partir de 01/10, nos dias úteis, no período da noite*, os passageiros do ramal Deodoro passarão a ser atendidos pelos trens dos ramais Santa Cruz e Japeri, que se tornarão paradores no mesmo período. Quanto aos intervalos, não haverá alterações. 

MPRJ de olho.

Estações de trem negam acesso a pessoas com deficiência

Resultado de imagem para MPRJ ajuíza ação para que Supervia promova acessibilidade nas estações da malha ferroviária municipal

Foto: Alerj/Divulgação

O MPRJ ajuizou ação para que Supervia promova acessibilidade nas estações da malha ferroviária municipal por meio da Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência da Capital, ação civil pública (ACP) com pedido de liminar para que a Supervia adote medidas eficazes de acessibilidade nas estações e composições da malha ferroviária no município do Rio de Janeiro. Na ação, com base no Inquérito Civil (205/2015), o MPRJ requer que pessoas com deficiência e mobilidade reduzida tenham adequada a acessibilidade nos trens e estações da concessionária, que a concessionária realize diagnóstico situacional, em até seis meses, de todos os trens e estações no município, de acordo com os parâmetros técnicos de acessibilidade, apontando as obras e adaptações necessárias, que deverão ser classificadas por grau de complexidade (baixo, médio, alto e altíssimo).

DAS IRREGULARIDADES E VIOLAÇÕES ÀS NORMAS DE ACESSIBILIDADE NAS ESTAÇÕES LOCALIZADAS NO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO A Concessionária Supervia opera o serviço de trens urbanos na região metropolitana, para tanto conta com uma malha ferroviária de 270 quilômetros, trafegados através de 05 ramais, 03 extensões e 104 estações de trem. Segundo informado pela própria concessionária demandada, cerca de 600.000 (seiscentos mil) passageiros são transportados diariamente nos trens, em 12 municípios. 

*Confira as estimativas de horários das últimas partidas expressas dos terminais:

De Santa Cruz para a Central do Brasil: 20h10

Da Central do Brasil para Santa Cruz: 20h4

De Japeri para a Central do Brasil: 20h

Da Central do Brasil para Japeri: 20h53

Fique ligado. A partir dos horários acima, todas as viagens serão paradoras. Os horários são estimados para condições normais da operação dos trens e estão sujeitos a ajustes.

Para mais informações, você pode ligar para o SuperVia Fone, no 0800 726 9494, ou entrar em contato pelas redes sociais (Twitter ou Facebook).

*Esta matéria é informativa dos usuários dos trens urbanos, com replicas da Supervia.

P/Arinos Jornalista

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by