Servidores estaduais têm até sexta-feira para fazer o recenseamento e evitar suspensão de pagamento

Atenção, funcionalismo do Estado do Rio de Janeiro. Os 34.250 servidores ativos, aposentados e pensionistas que nasceram em outubro só têm até a próxima sexta-feira, dia 25, para fazer o recenseamento. A atualização cadastral é obrigatória e deve ser feita em qualquer agência do Banco Bradesco no país. Quem não comparecer terá o próximo pagamento suspenso — no caso, o salário de outubro, a ser quitado em novembro.

O censo é obrigatório e está previsto como uma das medidas do Plano de Recuperação Fiscal do Rio. Com isso, o governo fluminense controla a folha de pagamentos e combate o depósito indevido de salários e benefícios previdenciários, por exemplo, de aposentadorias fantasmas.

Muitos pagamentos que foram retidos chegaram a ser restabelecidos após o comparecimento do funcionário, do aposentado ou do pensionista ao banco —ainda que fora do prazo. Mas desde novembro de 2018 a julho deste ano, 16.261 de pessoas vinculadas à folha salarial do Poder Executivo estadual não participaram do recenseamento.

Ao fim do processo, que está prestes a ser concluído, a equipe do governo vai avaliar cada caso e verificar se todas as ausências são referentes a “funcionários fantasmas”. Vale lembrar que, nesse grupo, pode ter casos de fraudes e também de mortes não comunicadas, entre outras situações.

Esses mais de 16 mil vínculos que deixaram de participar do censo desde novembro de 2018 até julho de 2019 vão ficar de fora da folha salarial de outro, assim como ficaram em relação aos vencimentos de outubro.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by