Jornal Povo

Presidente da Alerj, Dornelles e secretários são ouvidos como testemunhas de Pezão

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT), e ex-autoridades do estado na gestão de Luiz Fernando Pezão (MDB) serão ouvidos nesta quarta-feira (13) como testemunha de defesa do ex-governador.

Entre os convocados estão também Francisco Dornelles (PP), ex-vice governador, além dos ex-secretários Christino Áureo e Wagner Victer, que atualmente é diretor da Alerj.

Ao todo, serão ouvidas 13 testemunhas de defesa na operação Boca de Lobo, desdobramento da Lava Jato no Rio. Delas, 8 foram chamadas a pedido de Pezão.

R$ 39 milhões em propina

Pezão foi preso durante o mandato – caso inédito no estado. Ele é acusado de receber mesada de R$ 150 mil quando ainda era vice de seu antecessor, Sérgio Cabral (MDB),

que agora é réu confesso e já o citou em crimes.

De acordo com a acusação do Ministério Público Federal (MPF), Pezão recebeu R$ 39 milhões em propina, no total.

Na gestão dele, a cobrança de propina teria aumentado de 5% (na gestão Cabral) para 8%.

As empresas que recebiam contratos com o governo do estado, muitas vezes burlando licitações, pagavam as vantagens indevidas.

A prisão foi baseada na delação de Carlos Miranda, operador financeiro de Cabral.

Segundo Miranda, a organização criminosa pagava propina a Pezão – incluindo décimo terceiro salário e bônus de R$ 1 milhão.

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.