Jornal Povo

Petrobras avança em 1ª etapa de processo de venda de refinarias

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (22) que deu início a chamada fase vinculante referente à primeira etapa do seu plano de venda de refinarias, que engloba as unidades Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco; Landulpho Alves (Rlam), na Bahia; Presidente Getúlio Vargas (Repar) no Paraná; e Alberto Pasqualini (Refap), no Rio Grande do Sul.

“Os potenciais compradores classificados para essa fase receberão carta-convite com instruções detalhadas sobre o processo de desinvestimento, incluindo orientações para a realização de due diligence e para o envio das propostas vinculantes”, informou a Petrobras.

Essas quatro refinarias estão dentro de um plano maior da empresa de vender ao todo 8 refinarias com o objetivo de levantar bilhões de dólares que deverão ser utilizados especialmente para a redução do endividamento, em linha com o plano de desinvestimento da estatal.

Já a segunda fase inclui a venda da Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Minas Gerais; Refinaria Isaac Sabbá (Reman), no Amazonas; Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor), no Ceará; e Unidade de Industrialização do Xisto (Six) no Paraná.

As 8 refinarias representam cerca de 50% da capacidade de refino nacional, totalizando 1,1 milhão de barris por dia de petróleo processado. Analistas estima que a Petrobras possa obter até US$ 20 bilhões com a venda desses ativos.

“Essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhora de alocação do capital da companhia, visando a geração de valor para os nossos acionistas”, afirmou a Petrobras.

Sobre as 4 refinarias:

  • RNEST: localizada em Pernambuco, possui capacidade de processamento de 130 mil barris/dia (5% da capacidade total de refino de petróleo do Brasil) e potencial de duplicar sua capacidade com a entrada do 2º trem de processamento, podendo atingir 260 mil barris/dia. Seus ativos incluem um terminal de armazenamento e um conjunto de oleodutos totalizando 101km;
  • RLAM: situada no estado da Bahia, possui capacidade de processamento de 333 mil barris/dia (14% da capacidade total de refino de petróleo do Brasil), e seus ativos incluem quatro terminais de armazenamento e um conjunto de oleodutos totalizando 669 km;
  • REPAR: situada no estado do Paraná, possui capacidade de processamento de 208 mil barris/dia (9% da capacidade total de refino de petróleo do Brasil), e seus ativos incluem cinco terminais de armazenamento e um conjunto de oleodutos totalizando 476 km;
  • REFAP: situada no Rio Grande do Sul, possui capacidade de processamento de 208 mil barris/dia (9% da capacidade total de refino de petróleo do Brasil), e seus ativos incluem dois terminais de armazenamento e um conjunto de oleodutos totalizando 260 km.

Via: G1

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.