Jornal Povo

Gerente do tráfico é morto e outras três pessoas são baleadas em operação da PM na Cidade de Deus

Nesta segunda-feira, policiais militares realizam operação em pelo menos quatro comunidades da capital e em duas da Baixada Fluminense. Na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, moradores reclamam dos tiroteios intensos desde as primeiras horas da manhã. Segundo a PM, um dos chefes do tráfico na região foi morto e outras três pessoas ficaram feridas.

Conhecido como Matheuzão/Trovão, o gerente do tráfico na localidade do Karatê morreu em confronto. Um homem não identificado foi encontrado ferido e socorrido pelos policiais ao Hospital Municipal Lourenço Jorge. Com ele, de acordo com a PM, foram apreendidas uma granada, uma pistola 9 mm e munição do mesmo calibre.

Outras duas pessoas, um homem e uma mulher, foram baleados e deram entrada por meios próprios ao hospital. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Amanda de Oliveira Gomes, de 24 anos, foi atendida e já recebeu alta. Já Rosimar de Oliveira da Silva, o Adocica, está sendo atendido e não há, ainda, detalhes sobre seu estado de saúde.

Rosimar tinha contra si um mandado de prisão em aberto desde julho deste ano por posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. A pena imposta foi de seis anos e quatro meses de detenção em regime semiaberto.

De acordo com a corporação, o 18º BPM (Jacarepaguá) desencadeou a operação após receber denúncias de que criminosos estavam presentes “em um evento de música não autorizado” que ocorria na Cidade de Deus. Durante o cerco, os criminosos atiraram na direção dos policiais, que reagiram. A PM ressaltou que a operação segue em andamento.

Segundo o 18º BPM, a ocorrência foi registrada na 32ª DP (Taquara). Procurada, porém, a Polícia Civil não forneceu informações sobre o conteúdo do registro.

Desde outubro, a Cidade de Deus foi alvo de 18 operações da Polícia Militar — uma média de mais de duas incursões por semana. As ações resultaram em sete mortes, 15 prisões de traficantes e apreensões de 16 armas, 3kg de cocaína e 13kg de maconha.

A favela é a única de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, ainda dominada pelo tráfico de drogas: desde 2015, uma ofensiva da milícia expulsou traficantes de todas as outras comunidades do bairro. Os paramilitares, entretanto, não estão satisfeitos: as polícias Civil e Militar já sabem que o principal alvo da milícia na região é a Cidade de Deus.

Via: Jornal Extra

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.