Jornal Povo

Câmara de Vereadores de Itaguaí, no RJ, aceita abertura de impeachment de prefeito e vice

A Câmara de Vereadores de Itaguaí, no Rio, aceitou a abertura do pedido de impeachment contra o prefeito Charlinho Bussato e o vice, Abeilar Goulart. Ambos são do MDB.

A votação foi 6 a 5. É o terceiro pedido de impeachment contra Charlinho e o primeiro contra Abeilardinho, como é conhecido.

A Casa tem 90 dias para investigar e votar se prefeito e vice devem deixar o cargo ou não. Em nota, eles disseram que a denúncia é política, que são inocentes e que confiam na Justiça.

A denúncia de nepotismo foi feita pelo RJ1, envolvendo mais de 60 funcionários e salários que ultrapassam R$ 500 mil. O caso foi denunciado pelo Ministério Público, mas as nomeações continuaram.

Um dos casos é o do prefeito Charlinho Busatto (MDB). Ele empregou a mulher, Andréia Busatto, como secretária municipal, com salário de R$ 15 mil.

Abelardinho empregou três pessoas — inclusive a ex-esposa.

A filha Érica Yukiko de Souza é a secretária municipal de esporte com salário de R$ 20 mil. O cunhado dele, Célio de Souza Júnior, é diretor de planejamento e ganha R$ 3,5 mil. Até a ex-mulher foi empregada no Instituto de Previdência, com salário de R$ 12,5 mil.

Via: G1


Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.