Jornal Povo

Centros culturais são afetados por crise financeira do Rio e podem fechar as portas

Teatros, arenas, lonas e centros culturais espalhados, principalmente, pelas zonas Norte e Oeste do Rio, podem fechar suas portas por não terem mais condições de arcar, sozinhos, com a manutenção dos espaços. Devido à crise financeira que afeta o município, funcionários de centro culturais estão sem salários desde setembro.

Sem repasses há quatro meses, gestores culturais de 64 equipamentos municipais afirmam não ter recursos para suportar as dívidas que se acumulam.

A expectativa era de que a situação fosse regularizada em dezembro, mas os gestores foram surpreendidos pela suspensão dos pagamentos a todos os fornecedores do município e o cenário é o pior possível.

Isabela Souza, gestora da Arena Dicró, na Penha, na Zona Norte, diz que sem repasses desde setembro fica difícil fazer a manutenção do espaço e manter os funcionários.

A Prefeitura do Rio disse que essa decisão de suspender pagamentos e movimentações financeiras é temporária e pode ser revertida a qualquer momento. Mas não dá prazos e a incerteza quando ao pagamento para manutenção e pagamento de funcionários prossegue.

Via: G1

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.