Polícia Civil investiga homens que carregaram morador de rua para a calçada de hospital

A Polícia Civil investiga quem são os dois homens que deixaram o morador de rua que morreu na calçada da Coordenação de Emergência Regional do Centro (CER-Centro) nesta quinta-feira (19).

Um vídeo obtido pelo jornal “O Globo” mostra dois homens usando terno e gravata deixando o morador de rua no local – ele estava em uma cadeira de rodas. As roupas dos dois são as mesmas das usadas pelos seguranças da unidade.

O vídeo foi feito às 5h08 de quinta– os policiais militares chegam ao local mais de três horas depois, às 8h11. Os PMs chamam os bombeiros para auxiliar o morador de rua, ainda largado no chão, mas já era tarde.

Ele teve uma hemorragia interna e morreu na calçada onde foi deixado.

Na quarta-feira (17), a equipe do Bom Dia Rio encontrou o mesmo homem – ele aguardava atendimento na CER-Centro. Ele reclamava de muita dor na barriga e de dificuldades para respirar. Aparentando 50 anos de idade, ele não foi identificado.

O homem chegou a pedir um analgésico, mas os funcionários da portaria disseram que ele já havia sido atendido.

Vendedora que trabalha na porta da CER-Centro, Bárbara disse que deu ao homem um remédio contra dor. Ela sabia pouco sobre ele — apenas que era baiano e que vivia perto da Mangueira.

“Ele reclamava das dores que sentia. O caso dele já era crônico”.

A Secretaria Municipal de Saúde afirmou que “esta não é uma conduta preconizada pela secretaria, pela direção do Hospital Municipal Souza Aguiar e pela Coordenação do Centro de Emergência Regional do Centro”.

A pasta ainda informou que ” imagens do circuito de vídeo da unidade serão analisadas para apurar a informação e identificar os responsáveis, caso a denúncia seja comprovada”.

Via: G1

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by