Jornal Povo

CCR Barcas reduz viagens na linha Praça 15-Niterói e impõe escala para Paquetá

A CCR Barcas, concessionária que opera o transporte pela Baía de Guanabara, anunciou nesta terça-feira (24) uma redução no número de viagens — e uma consequente mudança na grade em todas as linhas.

As alterações passam a valer a partir da próxima segunda-feira (30).

A Agetransp, agência que regula o serviço, informou que não foi avisada da mudança e que não há decisão final. A CCR Barcas está passível de multa.

Em nota, a concessionária alegou que o objetivo é “adequar a oferta à demanda, reduzindo os impactos da crise financeira”.

A partir do dia 2 de janeiro, na linha Arariboia, o intervalo máximo entre viagens passará de 10 minutos para 15 minutos nos horários de pico — das 6h30 às 10h10 e das 16h30 às 20h10.

As demais partidas foram mantidas.

As novas grades estão no site da CCR Barcas.

Passageiros de Paquetá terão de dividir algumas das viagens com os de Cocotá a partir de segunda-feira (30).

No sentido Rio, três barcas vão parar na estação da Ilha do Governador, aumentando o tempo até a Praça 15 em 40 minutos.

Em direção a Paquetá, quatro saídas param em Cocotá antes.

As viagens diretas também foram afetadas. Das 11 partidas nos dias úteis, apenas seis foram mantidas — fora as três ou quatro “paradoras” em Cocotá.

Nos fins de semana e feriado, as saídas foram reduzidas à metade, para seis. Cocotá segue fechada.

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes (Agetransp) anunciou no sábado (21) que, em uma sessão regulatória, homologou os reajustes para as barcas.

O reajuste será aplicado no dia 12 de fevereiro.

Nas linhas sociais, a tarifa passa dos R$ 6,30 para R$ 6,50. São elas:

•Praça 15-Arariboia
•Praça 15-Paquetá
•Praça 15-Cocotá

A linha Praça 15-Charitas também sobe de preço no dia 12 de fevereiro: de R$ 17,60 para R$ 18,20.

Via: G1