Servidores do Rio e motoristas já estão trabalhando de bermuda

Taxistas da capital já estão se beneficiando do decreto da prefeitura do último dia 3, que permite o uso de bermudões, bermudas e calças na altura do joelho, até o dia 31 de março. A medida, que vem sendo adotada desde 2003, também vale para servidores municipais do Rio, além de cobradores e motoristas de ônibus, vans e kombis.

Pelas ruas da cidade, já é possível encontrar os condutores de táxi desfrutando de trajes mais frescos e confortáveis, como Alexandre Louredo, de 45 anos, que atua há dez anos na profissão e adere ao visual todos os verões. “É muito melhor para trabalhar, a gente fica mais confortável e até o nosso trabalho fica melhor”, afirmou.

Rodando pelas ruas do Rio há 20 anos, Wagner Ramos, 50, só vê vantagens no decreto. “A gente trabalha melhor, com mais disposição, porque o Rio é muito quente, e mesmo que o carro tenha ar-condicionado, às vezes está tão quente que não dá vazão.”

categoria. O motorista José Fernandes, 30, conta que não se sente à vontade em usar bermuda durante o trabalho e que teme que os passageiros possam reagir mal. Já Renan Xisto, 27, acha que os motoristas devem avaliar os clientes e as roupas antes de trabalhar. “Eu uso bermuda, mas tem clientes que a gente precisa descer do carro e não é legal estar de bermuda. Tem que avaliar a situação. Mas é muito mais confortável para quem dirige.”

Nem todos, porém, podem se beneficiar. Muitas empresas de ônibus não aderiram à moda. O vice-presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio, José Carlos Sacramento, explicou que a liberação do uso das bermudas deve partir da viação, conforme o decreto, que diz: “em função de situações específicas de cada órgão, os titulares das Secretarias e Presidentes de Empresas poderão regulamentar esse decreto.”

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by