Jornal Povo

Jovens agredidos em bar na Pedra do Sal, no Rio, afirmam que foram alvo de racismo e LGBTfobia

A Polícia Civil investiga as denúncias de cinco jovens agredidos por seguranças e pelo dono de um bar na Pedra do Sal, no Centro do Rio, próximo a uma das rodas de samba mais famosas da cidade, no último sábado (11).

Uma das vítimas, a estudante Andrea Bak, afirma que a confusão teve início após uma das jovens do grupo ser impedida de usar o banheiro social do estabelecimento.

A estudante conta que, após tentarem entender o motivo do impedimento, os amigos foram agredidos com barras de ferro, socos e garrafadas pelos seguranças e pelo dono do bar.

“Começou com um simples pedido. A minha amiga ia entrar no banheiro e ela não conseguiu. E aí, eu e meus amigos fomos entender e pedir, quando, de uma forma totalmente violenta, o segurança, de forma totalmente truculenta, já levantou e proferiu umas palavras gritando. Foi aí que ele me deu esse primeiro soco no olho. Logo em seguida, o dono do bar nos agrediu em seguida, e ai terminou em uma confusão totalmente generalizada com meus cinco amigos, incluindo eu, sendo espancados por mais de 10 pessoas, incluindo o dono do bar esses seguranças”, conta Andrea.

Com advogados, os jovens estiveram na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, no Centro. “A gente viu que tem indício de racismo e LGBTfobia na ação dessa agressão contra eles”, afirma Rodrigo Mondego, que representa um dos jovens agredidos.

O advogado do dono do bar, Albino Pereira, no entanto, aponta uma versão diferente das apresentadas pelo grupo.

“É completamente infundada essa acusação. O que houve, eu acho que foi um excesso, de certa forma, um mal entendido, entendeu? Que acabou se tornando a briga generalizada. Mas, em momento algum, o acesso foi impedido pela cor da pele”, explica Albino.

Via: G1

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.