Inea interdita duas empresas na Baixada Fluminense por poluir rios; vistoria é feita pela polícia ambiental

Operação do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) em conjunto com a polícia ambiental no Distrito Industrial de Queimados, na Baixada Fluminense, na manhã desta quinta-feira (6) interditou duas indústrias por poluir os rios da região.

Até às 14h, os fiscais tinham visitado cinco empresas. Em uma delas não havia irregularidades. Duas foram autuadas por irregularidades ambientais e uma delas pode ser interditada pela Prefeitura de Queimados.

O objetivo é inspecionar as empresas da região e identificar o despejo de material sem tratamento no Rio Queimados. O parque industrial do município tem cerca de 30 empresas. A ação ainda contou com o apoio da Secretaria de Estado de Ambiente e Sustentabilidade.

Interdições

  • A fábrica da Citycol teve as caixas de energia da tinturaria lacradas por lançar resíduos no meio ambiente sem o tratamento exigido por lei, de acordo com o Inea. O diretor da empresa informou que o local está com as operações paradas desde antes do Natal. Ele afirmou que a fábrica tem estação de tratamento de esgoto certificada pelo Inea e que não entende o motivo de ter sido interditada.
  • Uma empresa que atua no ramo de serviços de desentupimento também foi autuada e o responsável conduzido à delegacia. Segundo informações do Inea, além do despejo irregular de resíduos, essa empresa efetuou desmatamento, avançou pela faixa marginal do rio e realizou terraplanagem da área sem autorização. No local, duas máquinas foram apreendidas.

Autuações

  • Em outra empresa da área têxtil da região os técnicos encontraram armazenamento irregular de matéria-prima e destinação incorreta do esgoto sanitário. Nesse caso os fiscais do Inea não puderam fazer a interdição porque o licenciamento foi concedido pelo município e, por isso, somente a Prefeitura de Queimados pode suspender os trabalhos.
  • Um frigorífico com sede no parque industrial também foi notificado a fazer adequações ambientais.

Na empresa Lanlimp, que atua na área de descartáveis e limpeza, não foram encontradas irregularidades. O Inea não informou se houve aplicação de multas e o valor cobrado.

Região de poluição

O Rio Queimados é um dos afluentes da bacia do Rio Guandu e é apontado como um dos mais poluídos do estado de acordo com um relatório do Inea.

Essa é a mesma água que chega à Estação do Guandu para tratamento e que é responsável pelo abastecimento de 9 milhões de pessoas em todo o estado.

Pescadores da região denunciam que os afluentes do Rio Guandu recebem diversos resíduos das indústrias.

Na ação que ocorre nesta quinta-feira, os técnicos coletam amostras de água na saída das estações de tratamento dessas empresas. Um helicóptero também foi usado no rastreamento do possível lançamento ilegal de material industrial.

Cada empresa precisa ter uma estação de tratamento de resíduos. Dentro de uma delas, os técnicos analisam a estrutura de tratamento de dejetos.

Rio transbordou após chuva

O Rio Queimados transbordou após o temporal da última quarta (5), deixando várias ruas alagadas. Em alguns pontos, o acúmulo de água permaneceu acima do nível dos joelhos.

Na área rural da região, as vacas de uma criação de gado permaneciam no meio da enchente por volta das 7h15 desta quinta.

Via: G1

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by