Casa da Inovação Ricardo Boechat em Nova Iguaçu é inaugurada após 1 ano de morte

Em homenagem ao jornalista Ricardo Boechat, que morreu em decorrência de um acidente de helicóptero em São Paulo no dia 11 de fevereiro de 2019, foi inaugurada, nesta terça-feira, a Casa da Inovação Ricardo Boechat em Nova Iguaçu. A instituição foi aberta pela Prefeitura deste município da Baixada Fluminense em um evento realizado neste momento.

Boechat voltava de Campinas, onde havia dado uma palestra em uma empresa, quando ocorreu a queda da aeronave que também matou o piloto Ronaldo Quattrucci.

Os furos jornalísticos renderam a Boechat três prêmios Esso, então a premiação mais importante da profissão. Havia mais de dez anos que ele ancorava o Jornal da Band. A partir dos anos 2000, de segunda a sexta, apresentava um programa matinal na Rádio BandNews FM. Ouvintes demonstraram sua admiração pelo apresentador por meio de posts nas redes sociais nesta terça-feira, e o sobrenome do jornalista entrou nos assuntos mais comentados do Twitter.

Casado com Veruska Seibel, o jornalista deixou seis filhos. A viúva também fez uma homenagem a Boechat no primeiro aniversário da morte dele. No Instagram, ela publicou fotos da família, dizendo na legenda que “seu respeito e amor” por ele “só crescem”.

Leia abaixo o texto de Veruska na íntegra:

“Um ano sem ele e minha admiração, meu respeito e meu amor só crescem.

Melhor pai que eu poderia ter escolhido para as minhas filhas, ser humano mais admirável e generoso que já conheci, jornalista insubstituível, marido que eu amava profundamente.

Se me tivesse sido dada a chance de escolher como seriam nossos últimos momentos juntos, eu pediria exatamente do jeito que foi. E a isso serei eternamente grata.

Nestes 365 dias tive certeza de que nada é mais verdadeiro do que o clichê de que devemos viver cada segundo como se fosse o último.

Não deixe para amar depois, não deixe pra ser feliz depois. Meu maior consolo foi eu não ter deixado.

Não há um só dia em que eu não ouça a voz dele me ensinando, me amparando, me dizendo: ‘Veruska Seibel (era assim que ele me chamava quando queria falar sério), eu não me preocupo com as meninas quando eu não estiver mais aqui porque você é a melhor mãe que eu já conheci’.

Muito obrigada, Ricardo Boechat, por tanto amor e por essas duas princesas que são a razão da minha vida”.

Via: Jornal Extra

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by