Raul tranquiliza Sandro após saber de roubo: ‘Não existe nada que vai fazer eu parar de te amar’

Sandro (Humberto Carrão) pensou várias vezes se deveria contar a verdade para o pai. Em Amor de Mãe, o rapaz se sentiu culpado depois de mentir para Raul (Murilo Benício) sobre o roubo da casa de Lídia (Malu Galli) e resolveu abrir o jogo.

Em uma conversa franca, ele conta que não conseguiu dizer não para Marconi (Douglas Silva) e que a relação dos dois é muito mais complicada do que parece.

“Quando o Marconi me pediu ajuda para esse roubo na casa da Lídia, eu tinha que ajudar. Senão, ele ia cobrar da dona Lurdes (Regina Casé) [pela proteção que deu a Magno na cadeia]. A única coisa que eu fiz foi dizer onde estava o quadro que eles queriam roubar”, explica sobre o fatídico dia.

“Queria poder dizer que sim [tudo acabou]. Muito difícil explicar a relação que eu tenho com uma pessoa que se jogou na frente de um tiro para salvar a minha vida. E o Marconi me salvou várias vezes. Qual o preço disso?” , ele se questiona.

Raul se preocupa com a situação e diz que eles precisam achar uma saída juntos. “Eu já perdi um filho, não posso perder outro’, diz, com a voz embargada.

Comovido, o rapai pede perdão para o pai, que o acolhe e o tranquiliza.

Sandro (Humberto Carrão) pede perdão ao pai em 'Amor de Mãe' — Foto: Globo
Sandro (Humberto Carrão) pede perdão ao pai em ‘Amor de Mãe’ — Foto: Globo

“Filho, o importante é que você me contou. Não existe nada que vai fazer eu parar de te amar. Se o Vinícius tivesse sido sempre verdadeiro comigo, ele poderia estar aqui agora. Você não pode mais mentir para mim”, responde o empresário.

Os dois se abraçam e ficam emocionados.

Fonte: gshow

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by