Rio Open começa nesta segunda com duelo de Verdasco com Andujar e brasileiro Thiago Wild em quadra

A sétima edição do Rio Open apresentado pela Claro começa nesta segunda-feira, no Jockey Club Brasileiro, com o duelo entre os veteranos e consagrados espanhóis Fernando Verdasco e Pablo Andujar, às 16h30, na quadra Guga Kuerten. A rodada também terá o brasileiro Thiago Wild contra o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, às 19h, e o prodígio espanhol Carlos Alcaraz, de apenas 16 anos, contra o compatriota Albert Ramos Vinolas. A esperada estreia do austríaco Dominic Thiem será na terça-feira à noite. O número 4 do ranking mundial enfrentará o brasileiro Felipe Meligeni, na quadra Guga Kuerten, às 19h. Os ingressos podem ser adquiridos no site www.tudus.com.br/rioopen. Restam poucas unidades.

 

O canhoto Verdasco tem boas recordações do Rio Open. Foi vice-campeão em 2018 e campeão nas duplas no mesmo ano, quando conquistou o público com seu carisma e estilo de jogo potente. Aos 36 anos, com sete títulos na carreira, o ex-número 7 do mundo é um dos cinco jogadores mais experientes do top 100. Andujar, de 33 anos, tem quatro títulos na carreira e foi semifinalista do Rio Open 2014. Os dois já se enfrentaram cinco vezes, com três vitórias para Verdasco.

 

Confira a chave neste link

 

 

O Brasil terá um representante em quadra. Wild, que recebeu convite da organização, enfrentará o espanhol Davidovich Fokina pela primeira vez. O espanhol foi campeão juvenil de Wimbledon 2017. Em outro jogo, Alcaraz, de 16 anos, fará sua estreia na chave principal de um ATP 500 contra o experiente Ramos Vinolas. Com resultados impressionantes no mundo do tênis, o garoto espera aproveitar a oportunidade para ganhar mais experiência no início de sua carreira. “Joguei em Barcelona no ano passado (derrota na primeira rodada do qualifying), mas estava muito nervoso, e isso me atrapalhou porque os outros jogadores são mais experientes e levam vantagem. Dessa vez espero lidar melhor e aprender com essa oportunidade”, disse o adolescente, treinado pelo ex-número 1 do mundo Juan Carlos Ferrero e que recebeu convite da organização. Ele e é o mais jovem tenista a disputar o Rio Open.

 

Pelas chave de duplas, destaque para a estreia dos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, melhor dupla do mundo, atuais campeões de Wimbledon e do US Open. Eles enfrentam os brasileiros Orlando Luz e Rafael Matos, no terceiro jogo da quadra 1, com rodada que começa às 16h30.

 

Confira a programação neste link

 

Boas recordações e fase favorável impulsionam Monteiro para estreia

 

O brasileiro Thiago Monteiro começou bem a temporada 2020 e espera que o momento favorável o impulsione a fazer uma boa campanha no Rio Open 2020. O melhor brasileiro no ranking mundial – 92º – tem boas recordações do maior torneio de tênis da América do Sul. Alcançou duas vezes as quartas de final, sendo que na primeira, em 2016, venceu o francês Jo-Wilfried Tsonga, então número 9 do mundo. “Jogar o Rio Open é sempre especial por ser meu torneio favorito, o ambiente é incrível, e nós brasileiros temos a torcida a nosso favor”, disse o canhoto de 25 anos, que enfrentará o argentino Guido Pella na estreia, em data a ser definida.

 

Monteiro começou bem a temporada 2020. Conquistou o Challenger de Punta del Este, e alcançou as quartas de final do ATP de Buenos Aires. Há um ano e meio trabalhando com o treinador argentino Fabian Blengino, acha que evoluiu bastante. “Além da maior experiência no circuito, percebo que estou mais maduro na hora de jogar, de escolher as jogadas. Porque é mais fácil escolher os golpes que eu me sinto mais cômodo, mas muitas vezes isso era ruim porque eu deixava de arriscar. Agora sinto que tenho coragem para tentar coisas que antes eu só planejava, mas na hora da partida não aplicava”.

 

Galeria de fotos neste link

 

ORDER OF PLAY – MONDAY, FEBRUARY 17, 2020

QUADRA GUGA KUERTEN start 4:30 pm

P. Andujar (ESP) vs [9] F. Verdasco (ESP)

 

Not Before 7:00 pm

A. Davidovich Fokina (ESP) vs [WC] T. Seyboth Wild (BRA)

 

Not Before 8:00 pm

[7] A. Ramos-Vinolas (ESP) vs [WC] C. Alcaraz (ESP)

QUADRA 1 start 4:30 pm

A. Martin (SVK) vs [3] C. Garin (CHI)

C. Moutet (FRA) vs Qualifier

[1] J. Cabal (COL) / R. Farah (COL) vs [WC] O. Luz (BRA) / R. Matos (BRA)

QUADRA 2 start 4:30 pm

R. Carballes Baena (ESP) vs F. Delbonis (ARG)

Qualifier vs H. Dellien (BOL)

TBA Match – Qualifier vs A. Behar (URU) / G. Escobar (ECU)

 

INGRESSOS RIO OPEN 2020

 

Os ingressos para a sétima edição do Rio Open apresentado pela Claro podem ser adquiridos no site www.tudus.com.br/rioopen. O torneio começa no dia 15 de fevereiro com o qualifying com entrada gratuita e no dia 17 tem início a chave principal, com a Grande Final acontecendo no dia 23.

 

A programação para a chave principal contará com duas sessões de segunda-feira a quinta-feira: Sessão 1, com início às 16h30; e Sessão Noite, a partir de 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A sessão noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro, não importa a sessão. A Grande Final será uma atração à parte. Quem garantir o ingresso para a decisão do título de 2020 encontrará ativações únicas e terá o nome gravado no mural do maior torneio de tênis da América do Sul.

 

O tênis é a atração principal, mas também há muitas outras opções de entretenimento, numa estrutura comparável à de grandes eventos do circuito mundial. O Rio Open conta com uma área interativa de aproximadamente 10 mil m², o Leblon Boulevard, que oferece opções de stands, lojas, entretenimento e gastronomia, além das ativações dos patrocinadores com opções para torcedores de todas as idades.

 

Na Praça Rio Open os fãs podem assistir aos jogos em um telão gigante para não perder um ponto sequer. E, seguindo a tendência dos grandes torneios do circuito, o Rio Open tem uma loja de produtos oficiais — a La Boutique. O evento terá ainda um Espaço Arte e performances musicais nos intervalos das partidas.

 

Esportivamente o torneio também é conhecido pelo seu alto nível. É o primeiro ATP World Tour 500 da história do Brasil e integra o seleto grupo de 13 torneios denominados ATP 500, sendo um dos 22 mais importantes do calendário da ATP e único que ocorre no país. Isso o credencia como o maior evento esportivo anual do Rio de Janeiro e um dos únicos torneios ATP 500 de saibro no mundo.

 

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by