Trump diz que ‘não há motivo para pânico’ após 1ª morte por coronavírus nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta tarde, em pronunciamento na Casa Branca, que não há “motivo para pânico”, após a confirmação do primeiro caso de morte por coronavírus em território norte-americano. A vítima é uma moradora de King County, estado de Washington.

“Não há motivo para pânico. Temos lidado com essa questão com muito profissionalismo”, destacou Trump, apesar de admitir que novos casos possam surgir.

Durante o pronunciamento, o presidente anunciou medidas restritivas adicionais para combater a disseminação do coronavírus pelos EUA, como a proibição de viagens de norte-americanos para o Irã e para as regiões mais afetadas pelo vírus na Itália e na Coréia do Sul. Além disso, todas os voos para China estão suspendidos.

Além disso, ele disse que está avaliando “seriamente” impor restrições de entrada de pessoas pela fronteira com o México, país onde há 22 casos confirmados.

Estados Unidos confirmam primeira morte no país pelo novo coronavírus

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by