Jornal Povo

Deslizamento deixa famílias desalojadas em Caxias

Um deslizamento de terra deixou pelo menos treze famílias desalojadas no bairro Vila Canaã, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na noite desta terça-feira. A chuva que atingiu a região nesse período, segundo a Defesa Civil do município, foi o equivalente ao previsto para o mês de março inteiro. Uma onda de lama invadiu as ruas do bairro.

Moradores das ruas Manoel Mendes e Américo Vespúcio ainda concluíam a limpeza do rastro deixado pela chuva que atingiu a região no fim de semana quando foram pegos de surpresa pelo temporal.

“Mais uma vez a gente foi surpreendido. Graças a Deus deu tempo de sair de casa e avisar aos vizinhos. Mas a sensação que sentimos é de impotência. A gente demora anos para construir e, em fração de segundos perdemos tudo”, desabafa Anderson Marques, um dos moradores que teve a casa interditada.

Anderson mora com a esposa, que grávida de sete meses, e uma tia cadeirante. “Estão todos bem, graças a Deus. Mas eu adaptei minha casa para atender a minha tia, como que ela vai ficar agora?”.

Outra moradora que teve sua casa atingida pela tragédia é a dona de casa Andreia Silva. Ela mora com o marido, os três filhos, a nora e uma netinha de apenas 18 dias de vida. Andreia diz que perdeu todo o enxoval do bebê.

“Estamos todos bem, mas perdemos muita coisa, principalmente o que era da criança. Precisamos de ajuda”, relata.

A gentes da Secretaria de Assistência Social de Duque de Caxias foram até o local para cadastrar as pessoas no serviço de aluguel social. Quatro pontos para coleta de alimentos e roupas foram montados no bairro.

O secretário municipal de Obras, João Carlos Grilo, disse que as famílias desalojadas serão realocadas para os apartamentos do Programa Minha Casa Minha Vida. “Ainda temos alguns apartamentos que podemos colocar os moradores. A escolha não é apenas nossa. Alguns decidem por se abrigar nas casas dos parentes”.

O bairro Vila Canaã foi um dos mais prejudicados em Duque de Caxias por consequência da chuva que cai na região desde a noite do último sábado.  

Via: O Dia