Ministro da Saúde diz que suspensão de aulas por causa do coronavírus pode trazer risco para avós

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, comentou nesta quinta-feira (12) a decisão do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), de suspender aulas na rede pública e privada por cinco dias. Para ele, os mais velhos correm risco com a medida, uma vez que os pais têm que trabalhar e muitas crianças costumam ficar com os avós.

“‘Vou suspender a aula por cinco dias!’. Eles têm um caso. Um caso. Os alunos vão para suas casas. Pai e mãe estão trabalhando. Com quem ficam as crianças? Com os avós. Quem é o maior grupo de risco? Os idosos”, explicou Mandetta.

O ministro alertou que confinar as crianças pode prejudicar os mais velhos.

“Você sabe que a criança é assintomática ou tem forma leve. ‘Vamos proteger as crianças, vamos mandá-las para a casa dos avós’. Depois de uma semana, 10 dias, os idosos vão começar a aparecer em bloco nas unidades de saúde com dificuldades respiratórias”, afirmou.

“A gente se pauta por evidências científicas. Se as pessoas partem com ‘eu acho que é assim, eu tenho a impressão, fulano está fazendo, eu vou fazer também…’, aí já é uma questão do pacto federativo”, destacou Mandetta.

O decreto de Ibaneis também suspende, nesse período, eventos que exijam licenças do governo do Distrito Federal.

Pedido de verba

Mandetta reforçou os apelos ao Congresso para a liberação de cerca de R$ 5 bilhões em recursos das emendas de responsabilidade do relator do Orçamento para gastos da pasta no combate ao coronavírus.

“Perguntem ao relator”, disse Mandetta. O ministro se referiu a deputado Domingos Neto (PSD-CE), responsável por indicar a destinação de R$ 30 bilhões em emendas parlamentares.

Nesta quarta-feira (11), questionado sobre a proposta do ministro, o relator Domingos Neto afirmou que o Congresso será “solidário” às medidas necessárias.

“Isso é uma preocupação mundial, muito grande nossa. Levei a minha conversa com o ministro ao presidente Rodrigo Maia, e o ministro disse que ia procurar o presidente Rodrigo Maia e o presidente [do Senado] Davi [Alcolumbre] neste sentido”, afirmou.

Via: G1

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by