Polícia prende homem suspeito de raptar menina na Baixada Fluminense

A Polícia Civil do RJ prendeu nesta sexta-feira (13) o homem suspeito de raptar uma menina de 9 anos, no último domingo (8), na Baixada Fluminense.

A garota brincava em uma praça no Parque Fluminense, em Duque de Caxias, quando foi abordada pelo suspeito. Ela foi encontrada na tarde de segunda-feira (9), e a perícia constatou abuso sexual.

Ele tem 43 anos e, segundo a 60ª DP (Campos Elíseos), confessou o crime. O suspeito vai responder por cárcere qualificado e estupro de vulnerável.

A polícia afirma ainda que o preso é suspeito de outro abuso de menor, em Itaguaí.

A 60ª DP informou que recebe denúncias pelo WhatsApp (21) 98596-7244.

Urso usado como isca, segundo a polícia, para convencer a menina a ir à casa do suspeito — Foto: Reprodução/PCERJ
Urso usado como isca, segundo a polícia, para convencer a menina a ir à casa do suspeito — Foto: Reprodução/PCERJ

Urso como isca e ameaças

Após sair de um pula-pula na Praça do Galo, a menina foi brincar próximo a aparelhos de ginástica, onde o suspeito passou a assediá-la, oferecendo como presente um urso que teria em casa e convencendo-a a acompanhá-lo.

Por volta das 21h, segundo a polícia, o homem saiu da praça levando a criança. Os investigadores afirmam que ele a colocou na garupa de uma bicicleta e seguiu para casa, situada no bairro São Bento, em um trajeto de pelo menos meia hora.

A polícia afirma que, com a divulgação do desaparecimento, o suspeito mais uma vez pôs a vítima na garupa e a deixou na Rodovia Washington Luís. O cárcere privado durou 17 horas.

Segundo a investigação, o homem ameaçou a menina de morte e ordenou que ela repetisse uma história a fim de dificultar sua identificação.

Quando desapareceu, menina desapareceu de praça em Duque de Caxias  — Foto: Reprodução
Quando desapareceu, menina desapareceu de praça em Duque de Caxias — Foto: Reprodução

Câmeras ajudaram

Com o auxílio de câmeras de segurança de 25 pontos, foi possível ver o homem e a menina de bicicleta e um possível caminho.

O suspeito foi encontrado em casa. Lá, agentes encontraram a bicicleta e as roupas utilizadas na data do crime, o urso que havia oferecido de presente e uma cortina rosa com desenhos infantis.

O homem foi ouvido na presença de uma advogada e confessou o crime, segundo a 60ª DP, e sua prisão temporária foi expedida pelo Plantão Judiciário.

Cortina com desenhos infantis na casa do suspeito de rapto — Foto: Reprodução/PCERJ
Cortina com desenhos infantis na casa do suspeito de rapto — Foto: Reprodução/PCERJ

Fonte: G1

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by