Rio entra em estágio de atenção por causa do coronavírus

O município do Rio entrou em estágio de atenção, às 16h desta sexta-feira, devido às medidas de prevenção ao contágio do novo coronavírus no município, de acordo com o Centro de Operações Rio (COR).

O estágio de atenção é o terceiro em uma escala de cinco níveis de monitoramento e significa que uma ou mais ocorrências já impactam o município. A Prefeitura listou 14 ações para conter a transmissão da doença, e o prefeito Marcelo Crivella afirmou que fará avaliações periódicas de tais medidas através do gabinete de crise que já foi criado.

Recomendações da Prefeitura

– Recomendar que os Ônibus e BRTs evitem a superlotação de passageiros.

– Não conceder licenças para eventos que causem grandes aglomerações e suspender as concedidas a partir de segunda-feira.

– Suspender visitas nas Casas de Abrigos de Idosos.

– A Prefeitura recomenda que pessoas com baixa imunidade (asma, pneumonia, tuberculose, câncer, renais crônicos e transplantados) evitem sair de casa.

– A Prefeitura orienta as pessoas a evitarem cumprimentos com as mãos, beijos e abraços.

– Ficam suspensas a partir de segunda-feira as atividades nas Casas de Convivência, cinemas, teatros, lonas culturais e museus da Prefeitura.
– Fica estabelecido o gabinete de crise composto pelos membros das secretarias de Saúde, Cultura, Educação, Assistência Social e Direitos Humanos, Ordem Pública, Transportes, Fazenda, Casa Civil e Envelhecimento Saudável.

– A Prefeitura vai intensificar uma campanha de prevenção ao contágio do novo coronavírus em todos as redes sociais e fazer parceria com as concessionárias de transportes, telefonia e meios de comunicação, utilizando material oficial do Governo Federal como fonte.

– A Prefeitura irá disponibilizar álcool gel em todas as repartições municipais de atendimento ao público, incluindo hospitais, abrigos, estações de BRT, escolas e equipamentos culturais.
– A Prefeitura recomenda que as atividades esportivas no Engenhão não sejam abertas ao público.

– Ficam suspensos os períodos de férias do pessoal da saúde e assistência social enquanto durar a pandemia.

– Evitar a frequência em cinemas e teatros particulares.

– Que sejam adotadas jornadas (de turno de trabalho) alternativas; sugerindo que o setor da indústria adote o inicio do primeiro turno às 6h, o comércio às 8h, e o setor de serviços, às 10h, com o objetivo de evitar superlotação nos transporte. E, sempre que possível, adotem também o trabalho em casa. O setor público deverá adotar o mesmo princípio de escala.

– A Prefeitura suspende as aulas na próxima semana, mantendo os refeitórios abertos para o almoço a partir das 11h, até as 13h. coronavírus 13/3.

Via: O Dia

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by