Jornal Povo

OMS recomenda não usar ibuprofeno para tratar Covid-19

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendou, nesta terça-feira (17), que as pessoas não usem ibuprofeno para tratar possíveis sintomas de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

“Em casos suspeitos, recomendamos paracetamol, e não ibuprofeno”, declarou um dos porta-vozes da organização, Christian Lindmeier. A orientação serve para casos em que a ingestão dos medicamentos é feita sem orientação médica.

A recomendação da entidade veio depois que o ministro da Saúde francês alertou, no sábado (14), contra o uso da substância, que é encontrada em anti-inflamatórios. Especialistas ouvidos pelo G1 também não aconselharam o remédio para tratar a Covid-19.

As orientações foram feitas depois da publicação de uma pesquisa, na semana passada, sugerindo que pacientes com diabetes e hipertensão que eram tratados com ibuprofeno tinham mais riscos de desenvolver quadros severos da doença.

Para o infectologista Celso Granato, professor da Unifesp e diretor clínico do grupo Fleury, em São Paulo, a evidência mostrada na pesquisa não é forte, mas, mesmo assim, significa que precisa haver cuidado.

“A orientação que nós temos é: procure não usar ibuprofeno. Existem vários outros anti-inflamatórios, antitérmicos – por exemplo, paracetamol – que têm o mesmo efeito e não têm evidência de que têm esse problema”, lembrou Granato.

Além do ibuprofeno, os especialistas também não recomendam o uso de aspirina e corticoides.

Antes da declaração da OMS, na segunda-feira (16), o secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, foi questionado sobre o uso do ibuprofeno durante coletiva de imprensa. A pergunta, entretanto, não foi feita especificamente sobre o uso do medicamento para o combate à Covid-19.

O secretário respondeu que “não há necessidade, não há comprovação que justifique a recomendação para que os pacientes substituam o uso do ibuprofeno. Não existe, podem continuar usando”, afirmou. Gabbardo disse que, em casos de pessoas que usam o ibuprofeno por causa de alguma outra doença, levantou-se a hipótese de que, se elas fossem contaminadas pelo novo coronavírus, o ibuprofeno passaria a ter menor efeito em relação à doença anterior.

A pesquisa publicada e a recomendação feita pelos especialistas se baseiam, entretanto, em uma possibilidade de que o ibuprofeno facilitasse o desenvolvimento de quadros severos de Covid-19, e não sobre sua eficácia contra outras doenças.

Via: G1

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.