Aeroportos do RJ não seguem recomendação sobre pandemia do novo coronavírus

Aeroportos do Rio de Janeiro não estão seguindo as recomendações previstas em decreto estadual estabelecendo a restrição de voos de estados e países com circulação confirmada do coronavírus – ou situação de emergência decretada.

Como mostrou o RJ2 nesta quarta-feira (18), embora ônibus de São Paulo e de linhas intermunicipais não possam mais trazer passageiros para o RJ, os voos do estado vizinho (e de outros estados) continuam chegando. Assim como turistas estrangeiros.

Na tarde desta quarta, o RJ2 mostrou a chegada ao Aeroporto Tom Jobim, o Galeão, de um voo vindo da Espanha – naquele país, há mais de 11 mil casos confirmados.

Até à 0h, estão previstos chegarem ao aeroporto dois voos do Reino Unido, onde houve quase 2 mil casos de covid-19. E ainda há outros voos internacionais que devem chegar durante a madrugada.

No decreto assinado pelo governador Wilson Witzel, é recomendado que nos próximos 15 dias haja uma restrição aeroviária de estados e países com circulação confirmada do vírus.

Enquanto no RJ a recomendação do governo não é seguida, no Aeroporto de Shangai, na China – onde começou a pandemia, os funcionários verificam a temperatura dos passageiros assim que eles saem dos aviões.

O mesmo acontece em aeroportos da Índia, onde, apesar da proximidade geográfica com a China, tem menos casos confirmados do que o Brasil.

Câmeras checam temperatura

Em outros aeroportos pelo mundo, também é possível encontrar câmeras que verificam a temperatura corporal dos viajantes quando eles passam pelo detector de metais. É uma medida que ajuda a detectar quem tem febre. É o caso da Síria, no Oriente Médio.

No Rio, a concessionária que administra o Aeroporto Internacional informou que aumentou a limpeza e desinfecção das áreas comuns, e que está oferecendo álcool em gel nas áreas de embarque.

O controle da chegada de turistas, segundo a administradora, é feito pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A agência informou que está fazendo abordagens em voos que cheguem de países com casos confirmados.

Via: G1

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by