Supervia fecha oito estações a partir deste sábado; Barcas suspende linhas para Cocotá e Charitas

Para conter o coronavírus, a Supervia vai fechar, a partir deste sábado (21), oito estações na Baixada Fluminense.

Além dos trens, os outros setores do transporte, como barcas, metrô e BRT, também vão sofrer bloqueios, segundo o secretário estadual de Transportes, Delmo Pinho, em entrevista ao Bom Dia Rio nesta sexta-feira (20).

Resultado de imagem para barcas cocota

De acordo com o secretário, trabalhadores de setores definidos como ‘essenciais’ vão poder embarcar nos transportes apresentando a carteira de trabalho ou o crachá que identifique o setor de atuação. As categorias que vão poder embarcar estão sendo definidas nesta manhã.

‘Por exemplo, o pessoal da área de Saúde, da Segurança, Imprensa, pessoal de abastecimento de gêneros alimentícios, empresas de transporte, de supermercado, farmácias (…). Todos esses acessos serão controlados com o suporte total da Polícia Militar. A pessoa vai apresentar sua carteira de trabalho, de médico, de enfermeiro ou o crachá da entidade onde ela trabalha que é setor essencial’, explica.

Ainda de acordo com o secretário, em um segundo momento, vai haver a criação de um passe especial – como os cartões eletrônicos do RioCard – para estes trabalhadores poderem embarcar de forma organizada.

A medida consta do pacote de restrições determinado pelo governo do estado que “isola” o Município do Rio.

Confira as principais mudanças no transporte do Rio de Janeiro:

Supervia

A partir de sábado (21), ficam fechadas as seguintes estações:

Ramal Japeri

  • Olinda
  • Presidente Juscelino

Ramal Belford Roxo

  • Coelho da Rocha
  • Agostinho Porto
  • Vila Rosali

Ramal Saracuruna

  • Campos Elísios
  • Corte 8
  • Jardim Primavera

Barcas

Na Baía de Guanabara, a CCR Barcas vai suspender as linhas Praça 15 x Cocotá e Praça 15 x Charitas com o fechamento, a partir de sábado (21), das estações de Charitas e Cocotá, na Ilha do Governador.

A estação da Praça Arariboia, em Niterói, vai permanecer aberta, mas com restrições de embarque às categorias consideras essenciais.

Segundo o secretário, a população deve usar as linhas de ônibus municipais, que vão funcionar normalmente.

‘Os sistemas municipais vão estar funcionando, sistemas municipais do Rio, de Nova Iguaçu, Caxias, Niterói vão funcionar normalmente. É importante que funcionem porque eles vão ser o braço forte da alimentação do sistema’, explica Delmo Pinho.

MetrôRio

A partir de sábado (21), as estações Pavuna, Rubens Paiva e Acari da linha 2 do metrô também terão acesso controlado aos setores de trabalho essenciais.

BRT

A Prefeitura do Rio suspendeu temporariamente, a partir deste sábado (21), quatro linhas do BRT como prevenção ao contágio do novo coronavírus no Rio. São elas:

  • 21 – Recreio Shopping x Jardim Oceânico (parador)
  • 40 – Madureira x Jardim Oceânico (expresso)
  • 53 – Sulacap x Jardim Oceânico (parador)
  • 25 – Mato Alto x Jardim Oceânico (parador)

Duas linhas vão substituir temporariamente as que foram suspensas, segundo o decreto:

  • 40 – Madureira x Alvorada (expresso)
  • 25 – Mato Alto x Alvorada (parador)

Fonte: G1

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by