Jornal Povo

Gilmar Mendes absolve homem acusado de furtar R$ 25 para pagar dívida de bar em MG

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu a um pedido da Defensoria Pública de Minas Gerais e determinou a absolvição de um homem acusado de furtar R$ 25.

O crime ocorreu em junho de 2008 em Passos (MG). Um homem levou R$ 25 da casa de um vizinho, depois de entrar no local para guardar um móvel a pedido do dono da casa. Não houve violência. Com o dinheiro, ele pagou uma dívida de R$ 20 que tinha em um bar próximo.

Preso pela polícia, o homem foi denunciado pelo Ministério Público e absolvido na primeira instância. O MP recorreu e, na segunda análise, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais reverteu a decisão de primeiro grau.

A Defensoria Pública recorreu da condenação, mas o pedido de reconsideração foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Por isso, o caso chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) com novo recurso dos defensores públicos.

O ministro Gilmar Mendes considerou que as circunstâncias do caso concreto apontam para a aplicação do princípio da insignificância, já que os danos causados pelo crime não foram expressivos.

“Tenho que as circunstâncias do caso concreto demonstram a presença dos vetores traçados pelo Supremo Tribunal Federal para configuração do mencionado princípio: a) a mínima ofensividade da conduta do agente; b) a ausência de periculosidade social da ação; c) o reduzido grau de reprovabilidade do comportamento e d) a inexpressividade da lesão jurídica causada”, afirmou o ministro.

“Veja-se que foram movidas quatro instâncias do Judiciário em razão de uma subtração de R$ 25,00. É impressionante como casos tais ainda vêm parar na Suprema Corte, já assoberbada com processos de todo jaez [tipo]”, completou.

Fonte: G1

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.