Em meio à pandemia de coronavírus, a Câmara de Vereadores de Japeri, na Baixada Fluminense, aprovou o aumento de 25% dos salários dos servidores efetivos e comissionados. A decisão foi publicada no Diário Oficial do município na última terça-feira, 24, e entra em vigor a partir de abril. O salário de R$ 10,5 mil passará para R$ 13,12 mil. As informações são do Bom dia Rio

A decisão causou indignação aos servidores de educação da cidade, já que, a categoria busca aumento desde 2008, sem sucesso. Atualmente, o salário bruto de um professor é de R$2,4 mil.

Por causa da quarentena decretada no Estado para tentar controlar a proliferação do novo coronavírus, a situação financeira dos municípios tem sido motivo de preocupação do governo. Nesta quinta-feira, o governador Wilson Witzel pediu ajuda financeira ao governo federal para evitar maiores danos.

Segundo o presidente da Câmara Municipal, Márcio Manequinha, a decisão é referente aos reajustes a título de recomposição que os parlamentares não recebem desde 2015. Ele disse ainda que a medida, prevista na lei, estava planejada desde o início de janeiro deste, antes da pandemia do coronavírus.

O que chama atenção é que Japeri possui um dos menos índices Desenvolvimento Humano da Região Metropolitana e é um dos maiores em casos de homicídio doloso. Em junho de 2019, no aniversário de emancipação da cidade, além de três dias de festa, a cantora Ludmilla foi contratada e recebeu um cachê de R$ 250 mil.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by