Jornal Povo

Secretaria investiga se morte de idosa foi causada pelo coronavírus na Rocinha

A família da idosa Maria Luiza Santana do Nascimento, de 70 anos, afirma que ela morreu em decorrência de complicações provocadas pelo novo coronavírus. Ela era moradora da Rocinha, na Zona Sul do Rio.

Se a causa da morte for confirmada, será a primeira morte pela Covid-19 em uma comunidade carioca.

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde lamentou a morte de Maria Luiza, garantiu que ela foi atendida seguindo todos os protocolos. O exame dela foi enviado para o laboratório oficial – o resultado sairá dentro de alguns dias.

A Secretaria de Estado de Saúde informou que investiga todos os casos de óbitos suspeitos de coronavírus após envio de coleta e material ao Laboratório Central Noel Nutels, o que deverá ser feito pela unidade de saúde que atendeu a paciente.

Maria Luiza morreu na noite desta segunda-feira (30) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Rocinha, após passar seis dias internada.

Segundo parentes, ela deu entrada na unidade no dia último dia 21 apresentando sintomas de gripe. Após ser medicada, ela foi orientada a voltar para casa. Na quarta-feira seguinte (25), a idosa voltou a se sentir mal e retornou à UPA.

“Ela estava com febre, falta de ar e tossindo bastante – todos os sintomas de coronavírus. Ainda foi submetida a uma nebulização, mas desmaiou logo em seguida e acabou levada à sala vermelha. Lá, ela foi colocada em um ventilador mecânico para compensar a falta de capacidade respiratória. Mesmo assim, a situação dela não melhorou e os rins pararam”, explicou o filho de Maria Luiza, o analista de sistemas Cristiano Santana do Nascimento.

O quadro dela continuou a piorar até a madrugada desta terça-feira (31), quando morreu.

Maria Luiza morava com uma filha e uma neta na parte mais alta da favela.

“Deram um atestado de óbito apontando uma septicemia não especificada e pneumonia. Mas a questão é que ela tinha todos os sintomas provocados pelo coronavírus. Ela teve o sangue coletado, mas até agora não sabemos o que provocou a morte dela.”

Na tarde desta terça-feira, uma empresa especializada foi contratada pela família para cuidar do transporte do corpo de Maria Luiza, que ainda permanecia na UPA da Rocinha.

Ela será enterrada às 19h no Cemitério São João Batista, em Botafogo.

Fonte: G1

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.