Crivella diz que publica neste sábado decreto que obriga uso de máscaras nas lojas e nas ruas

Rio – O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, disse neste sábado que publica ainda hoje uma edição extraordinária do Diário Oficial do Município com o decreto tornando obrigatório o uso de máscaras na cidade para quem sair às ruas e nos estabelecimentos abertos ao público.

O prazo para que a medida entre em vigor será de cinco dias a partir da publicação, ou seja, na quinta-feira. Quem não usar as máscaras poderá ser impedido de utilizar o transporte público ou entrar nos estabelecimentos autorizados a funcionar durante a pandemia do novo coronavírus.

Crivella informou que a regulamentação do decreto incluirá as eventuais punições para quem desobedecer à determinação. No entanto, ele destacou o caráter da conscientização:

“O mais importante não é punir, mas conscientizar a população sobre a importância do uso de máscaras neste momento em que a curva de contágio do novo coronavírus se acentua na cidade. É preciso a colaboração de todas as pessoas. Um deve alertar o outro que não estiver usando máscara a passar a usar, se proteger e proteger as demais pessoas”, disse o prefeito.

Cartilha vai ensinar como fabricar e usar as máscaras

O decreto trará em anexo uma cartilha com orientações sobre como confeccionar as máscaras, usá-las e higienizá-las.

” É importante dizer que as máscaras de uso obrigatório são as comuns, feitas em casa. As profissionais, como consta em nota do Ministério da Saúde, serão reservadas aos médicos, enfermeiros e demais profissionais da saúde em campo. Se todo mundo usar máscaras profissionais, elas vão faltar nos hospitais”, explicou Crivella.

Por que é importante usar as máscaras?

“Estamos tomando as medidas com muito equilíbrio, sempre consultando a Comunidade Científica e o Gabinete de Crise contra a covid-19″, afirmou o prefeito. Temos agido com base nos alertas e nas informações da ciência para a proteção da população. Mas acreditamos e esperamos que essas medidas sejam por um período curto. Estamos medindo as curvas e, logo que elas começarem a cair, vamos voltar à vida normal”,  declarou o prefeito.

Contratação de mil leitos privados

O prefeito informou também nesta tarde que o edital para a contratação de leitos privados já foi lançado. Ao todo, a Prefeitura poderá pagar por até mil leitos particulares. O objetivo é garantir o tratamento aos pacientes da covid-19, enquanto os respiradores mecânicos comprados na China, fundamentais para o tratamento dos casos graves da doença, não chegarem ao país. Esses equipamentos, num total de 806 respiradores, começarão a chegar nos próximos dez dias e deverão estar todos entregues até o final de maio.

Outra iniciativa para ampliar a capacidade de atendimento na rede municipal foi o pedido de devolução de 80 respiradores mecânicos cedidos ao governo federal.

“Eu mesmo enviei ofício sexta-feira (17/04), pedindo que liberem esses equipamentos. Isso seria importantíssimo no momento em que estamos com cerca de 85% de ocupação de nossos leitos de UTI – disse Crivella.

Fonte: O Dia

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by