Jornal Povo

Exonerado em março, Dante Mantovani volta a ser nomeado presidente da Funarte

Em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (5), assinada pelo ministro da Casa Civil, o general Braga Netto, o maestro Dante Henrique Mantovani foi reconduzido à presidência da Fundação Nacional de Artes (Funarte). 

Mantovani havia sido exonerado do cargo em 4 de março, no mesmo dia em que a atriz Regina Duarte assumiu a Secretaria Especial da Cultura.

Na época, o maestro foi demitido diante da repercussão de posicionamentos em seu canal de Youtube, como um vídeo em que associou o rock às práticas de aborto e satanismo.

Em entrevista para a Veja após sua saída, Mantovani, que é discípulo de Olavo de Carvalho, criticou Regina Duarte e disse que a secretária “só promove diálogo com a esquerda”. 

A Funarte é o órgão responsável pelo desenvolvimento de políticas públicas de fomento às artes visuais, à música, ao teatro, à dança e ao circo no país. 


Associação entre rock, aborto e satanismo

Maestro, graduado em Música pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), Mantovani foi nomeado à presidência da Funarte pela primeira vez em dezembro de 2019, indicado por Roberto Alvim, na época secretário Especial da Cultura. Alvim deixou o cargo em janeiro de 2020, após publicar vídeo em que parafraseava trechos de um discurso feito por Joseph Goebbels, ministro da Propaganda da Alemanha durante o nazismo.

Em seu curto período no cargo, Mantovani foi bastante contestado por conta de posicionamentos em seu canal de Youtube. Em um dos vídeos publicados, o maestro fez associação entre rock, aborto e satanismo.

“O rock ativa a droga, que ativa o sexo, que ativa a indústria do aborto. A indústria do aborto por sua vez alimenta uma coisa muito mais pesada que é o satanismo. O próprio John Lennon disse que fez um pacto com o diabo”, disse o maestro.

Em outra declaração, Mantovani afirmou que agentes comunistas infiltrados na CIA foram responsáveis por distribuir LSD para o público no festival de Woodstrock, em 1969. Segundo ele, o objetivo seria “destruir a família” e, assim, afetar o capitalismo. 

Nomeação de Dante Mantovani no Diário Oficial da União de 5 de maio de 2020
Foto: Reprodução/ DOU

Fonte: CNN

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.