Médica Fernanda Ontiveros defende criar passe único em Japeri

O Passe Único serviria para que o morador de Japeri não precisasse pagar duas passagens por um determinado período de tempo, a mesma dinâmica do programa Bilhete Único

A Médica Fernanda Ontiveros, pré-candidata a prefeita de Japeri, na Baixada Fluminense, quer implantar no município o programa Passe Único para facilitar o acesso dos moradores daquela localidade nos transportes públicos. Fernanda também quer implantar sistemas de cooperativas de transportes alternativos para o fácil acesso com cidades vizinhas.
Na prática, o Passe Único serviria para que o morador de Japeri não precisasse pagar duas passagens por um determinado período de tempo, a mesma dinâmica do programa Bilhete Único, do Governo do Estado. Já o sistema de cooperativa de transporte alternativo facilitaria a vida de quem mora mais distante do centro de Japeri, como por exemplo nos bairros Laranjal, Belo Horizonte e Jaceruba.
“Bairros mais afastados como Laranjal, Belo Horizonte, Jaceruba e outros, onde as linhas de ônibus não chegam, pode-se criar cooperativas de transportes alternativos para atender os moradores. .Também precisamos nos conectar com cidades vizinhas como Seropédica, Itaguaí, Caxias, atualmente com o Arco Metropolitano.  É necessária uma ação conjunta entre os poderes públicos que permitam essa mobilidade que poderá gerar empregos, facilitar o acesso a Universidades, aumentar a capacidade de compras e escoamento das produções agrícolas e comerciais”, disse.
Japeri é hoje considerada como uma cidade dormitório. Quase toda a população do município trabalha em outras cidades e principalmente na Capital, tendo que percorrer cerca de 70 a 80km até chegar ao centro do Rio.  E o que se vê em Japeri é uma realidade muito longe daquilo que deveria. Com esse alto fluxo de pessoas saindo do município, o sistema de transporte público deveria oferecer mais mobilidade. A doutora Fernanda Ontiveros diz que isso mostra o que se vê é um sistema deficiente, e falta empenho das autoridades para que isso mude.
“Hoje em dia, os meios de transporte disponíveis são diversos (trens, metrôs, BRTs, transporte alternativo), porém a qualidade dos serviços deixa muito a desejar. Com o aumento da população nas cidades e com a necessidade cada vez maior de seu deslocamento para o trabalho, para estudar e até para o seu lazer, o que presenciamos é um sistema deficiente e com pouco empenho das autoridades em melhorá-lo”, enfatizou.

Ciclovias
A doutora Fernanda Ontiveros também defende a criação de uma ciclovia que ligue os bairros de Japeri. Assim, além de movimentar mais a localidade com atividades físicas e de lazer, também incentivaria a sustentabilidade.
“ E por que não pensar na construção de ciclovias ligando nossos bairros, permitindo a utilização de bicicletas e patinetes, meios de transportes de baixo custo, sustentáveis e que ainda nos permitem viver de forma mais saudável e segura” disse
“Mesmo em tempos difíceis e até inimagináveis como este em que estamos vivendo em virtude da Pandemia do COVID-19 e que infelizmente causará mudanças drásticas na realidade das
cidades e de seus moradores, devemos nos preparar e buscar possíveis soluções que melhorem nossa qualidade de vida e gerem desenvolvimento real”, completou.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by