Rio tem movimento na orla e no comércio, apesar de a Justiça manter isolamento; FOTOS
Crianças na Praia do Leblon — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Crianças na Praia do Leblon — Foto: Marcos Serra Lima
Grande movimentação no calçadão do Leblon — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Grande movimentação no calçadão do Leblon — Foto: Marcos Serra Lima

Um dia depois da decisão judicial que suspendeu os decretos que relaxaram as medidas de isolamento no Rio de Janeiro, a movimentação na orla e no comércio da capital foi intensa.

Em Copacabana, loja de roupas com metade da porta aberta; camelô oferece produto na calçada  — Foto: Marcos Serra Lima/ G1
Em Copacabana, loja de roupas com metade da porta aberta; camelô oferece produto na calçada — Foto: Marcos Serra Lima

Jornal Povo percorreu a orla da Zona Sul e verificou que muitas pessoas aproveitaram o dia de sol para se exercitar ao ar livre na manhã desta terça-feira (9).

Idosos circulam em área de comércio em Copacabana — Foto: Marcos Serra Lima/ G1
Idosos circulam em área de comércio em Copacabana — Foto: Marcos Serra Lima

As atividades, no entanto, que incluem caminhadas no calçadão e exercícios no mar, voltaram a ser proibidas. No comércio de Copacabana, lojas que oferecem delivery e take away tinham portas abertas pela metade.

Loja de artigos esportivos em Copacabana fechada e com avisos de serviço de entrega — Foto: Marcos Serra Lima/ G1
Loja de artigos esportivos em Copacabana fechada e com avisos de serviço de entrega — Foto: Marcos Serra Lima

Em algumas delas, havia fitas de isolamento. Uma loja de roupas, que não é serviço essencial, também tinha metade da porta aberta e um camelô oferecia produtos na calçada.

Famílias aproveitam manhã de sol nesta terça na Praia do Leblon — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Famílias aproveitam manhã de sol nesta terça na Praia do Leblon — Foto: Marcos Serra Lima

Em sua decisão, o juiz Bruno Bodart da Costa, da 7ª Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do RJ, levou em conta a necessidade de apresentação de uma “análise de impacto regulatório” referente às medidas de isolamento para conter o avanço da Covid-19. O estado tem 6.781 mortes e se aproxima de 70 casos confirmados da doença.

O juiz também estabeleceu que, caso as medidas determinadas por ele sejam cumpridas, Crivella e Witzel deverão pagar multa de R$ 50 mil.

“O risco de grave dano irreparável para a concessão da liminar [decisão provisória] está presente, haja vista que o relaxamento inadequado das medidas de isolamento social pode causar uma aceleração do contágio por Covid-19 de difícil reversão, mesmo que as restrições voltem a ser estabelecidas posteriormente”, escreveu Bodart.

Mesmo com a decisão judicial, cariocas vão à praia na manhã desta terça — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Mesmo com a decisão judicial, cariocas vão à praia na manhã desta terça — Foto: Marcos Serra Lima
Polícia pede para que as pessoas circulem na areia  — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Polícia pede para que as pessoas circulem na areia — Foto: Marcos Serra Lima
Fiscalização e banhista em praia da Zona Sul do Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Fiscalização e banhista em praia da Zona Sul do Rio — Foto: Marcos Serra Lima
Mulheres pegam sol em praia do Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Mulheres pegam sol em praia do Rio — Foto: Marcos Serra Lima
Na Praia do Leblon várias pessoas não usam máscaras   — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Na Praia do Leblon várias pessoas não usam máscaras — Foto: Marcos Serra Lima
Ciclista pedala na orla sem máscara — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Ciclista pedala na orla sem máscara — Foto: Marcos Serra Lima
Surfistas e banhistas na Praia do Leblon — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Rio
Surfistas e banhistas na Praia do Leblon — Foto: Marcos Serra Lima

Fonte: G1

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by